domingo, 24 de novembro de 2013

Levítico 20: 1-27 – SOBRE AS UNIÕES ABOMINÁVEIS.

Estamos no tema: A PRÁTICA DA SANTIDADE que ocupa de 17:1 a 27:34, onde Moisés está revelando as amplas implicações do chamado de Israel à santidade ao falar sobre como permanecer santo nas diferentes áreas da vida. Estamos observando a estruturação proposta pela BEG que divide esta quarta parte em etapas.
Destarte, já vimos os sacrifícios e os alimentos, que ocupa todo o capítulo 17; vimos o comportamento sexual, que também ocupa todo o capítulo 18, o capítulo 19 que trata da santidade vertical – para com Deus e horizontal – para com o próximo, hoje em todo o capítulo 20, veremos os crimes que requerem pena de morte e amanhã, veremos as prescrições para os sacerdotes.
A pena de morte não era como se poderia pensar uma pena obrigatória, mas uma pena máxima, que dependendo do caso, poderia ser tranquilamente aplicada.
Tudo o que vimos nos capítulos 18 e 19 agora encontram no 20 as suas respectivas penas. Basicamente, vimos nesses capítulos:
·        No capítulo 18: práticas ilícitas associadas ao sexo e a à família, incluindo o incesto – vs. 6-18 e os casamentos ilícitos e do vs. 19-30, sobre as uniões abomináveis. O adultério, vs. 20; o sacrifício de crianças, vs. 21; a homossexualidade – vs. 22 e a bestialidade, vs. 23.
·        No capítulo 19: praticamente toda a lei, uma vez que o 19 repete vários aspectos dela ligados aos nossos relacionamentos vertical – Deus e o homem – e horizontal e circular – envolvendo as relações homem x homem x natureza.
A verdade é que a nação de Israel estava no meio de nações sem temor a Deus e sem quaisquer escrúpulos que não somente praticavam sexo sem qualquer regra ou observância espiritual a não ser àquelas relacionadas às suas religiões e práticas espirituais, mas também se davam à violência, aos maus tratos, à ganância, cobiça e egoísmo total.
Era de Deus a promessa de extirpar da face da terra aquelas nações e isso ele faria usando a nação exemplo de Israel. Se não aconteceu no todo - era para ter acontecido – boa parte teve seu cumprimento, mas outras não, por causa do próprio Israel que se aliançou com quem não devia e não obedeceram a Deus.
Jesus era estudante da Bíblia também e principalmente de Levítico como podemos observar em sua vida as suas citações e uma delas fala deste capítulo quando ele cita o vs. 9 e aplica em Mc 7:10 o que demonstra que essas prescrições sobre a santidade não tinham sido revogadas – Mt 5:17-20.
Nem poderiam ser revogadas, pois quem está falando é o próprio Senhor. Veja como começa o presente capítulo “Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
Lv 20:1 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
                Lv 20:2 Também dirás aos filhos de Israel:
Qualquer que, dos filhos de Israel, ou dos estrangeiros
                que peregrinam em Israel, der da sua descendência a Moloque,
                               certamente morrerá; o povo da terra o apedrejará.
Lv 20:3 E eu porei a minha face contra esse homem,
                e o extirparei do meio do seu povo,
                               porquanto deu da sua descendência a Moloque,
                para contaminar o meu santuário e profanar o meu santo nome.
Lv 20:4 E, se o povo da terra de alguma maneira esconder
                os seus olhos daquele homem, quando der da sua descendência
                               a Moloque, para não o matar,
                Lv 20:5 Então eu porei a minha face contra aquele homem,
                               e contra a sua família, e o extirparei do meio do seu povo,
                                               bem como a todos que forem após ele,
                                                               prostituindo-se com Moloque.
Lv 20:6 Quando alguém se virar para os adivinhadores e encantadores,
                para se prostituir com eles, eu porei a minha face contra ele,
                               e o extirparei do meio do seu povo.
                Lv 20:7 Portanto santificai-vos, e sede santos,
                               pois eu sou o SENHOR vosso Deus.
                Lv 20:8 E guardai os meus estatutos, e cumpri-os.
                               Eu sou o SENHOR que vos santifica.
Lv 20:9 Quando um homem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe,
                certamente morrerá; amaldiçoou a seu pai ou a sua mãe;
                               o seu sangue será sobre ele.
Lv 20:10 Também o homem que adulterar com a mulher de outro,
                havendo adulterado com a mulher do seu próximo,
                               certamente morrerá o adúltero e a adúltera.
Lv 20:11 E o homem que se deitar com a mulher de seu pai
                descobriu a nudez de seu pai; ambos certamente morrerão;
                               o seu sangue será sobre eles.
Lv 20:12 Semelhantemente, quando um homem se deitar com a sua nora,
                ambos certamente morrerão; fizeram confusão;
                               o seu sangue será sobre eles.
Lv 20:13 Quando também um homem se deitar com outro homem,
                como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão;
                               o seu sangue será sobre eles.
Lv 20:14 E, quando um homem tomar uma mulher e a sua mãe, maldade é;
                a ele e a elas queimarão com fogo, para que não haja
                               maldade no meio de vós.
Lv 20:15 Quando também um homem se deitar com um animal,
                certamente morrerá; e matareis o animal.
Lv 20:16 Também a mulher que se chegar a algum animal,
                para ajuntar-se com ele, aquela mulher matarás
                               bem assim como o animal; certamente morrerão;
                                               o seu sangue será sobre eles.
Lv 20:17 E, quando um homem tomar a sua irmã, filha de seu pai,
                ou filha de sua mãe, e vir a nudez dela, e ela a sua, torpeza é;
                               portanto serão extirpados aos olhos dos filhos do seu povo;
                descobriu a nudez de sua irmã, levará sobre si a sua iniqüidade.
Lv 20:18 E, quando um homem se deitar com uma mulher
                no tempo da sua enfermidade, e descobrir a sua nudez,
                               descobrindo a sua fonte, e ela descobrir
                a fonte do seu sangue, ambos serão extirpados do meio do seu povo. Lv 20:19 Também a nudez da irmã de tua mãe, ou da irmã de teu pai
                não descobrirás; porquanto descobriu a sua parenta,
                               sobre si levarão a sua iniqüidade.
Lv 20:20 Quando também um homem se deitar com a sua tia
                descobriu a nudez de seu tio; seu pecado sobre si levarão;
                               sem filhos morrerão.
Lv 20:21 E quando um homem tomar a mulher de seu irmão, imundícia é;
                a nudez de seu irmão descobriu; sem filhos ficarão.
Lv 20:22 Guardai, pois,
                todos os meus estatutos, e todos os meus juízos, e cumpri-os,
                               para que não vos vomite a terra, para a qual eu vos levo
                                               para habitar nela.
Lv 20:23 E não andeis nos costumes das nações
                que eu expulso de diante de vós, porque fizeram todas estas coisas;
                               portanto fui enfadado deles.
Lv 20:24 E a vós vos tenho dito:
                Em herança possuireis a sua terra, e eu a darei a vós,
                               para a possuirdes, terra que mana leite e mel.
                Eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos separei dos povos.
Lv 20:25 Fareis, pois, diferença entre os animais limpos e imundos,
                e entre as aves imundas e as limpas;
                e as vossas almas não fareis abomináveis por causa dos animais,
                               ou das aves, ou de tudo o que se arrasta sobre a terra;
                               as quais coisas apartei de vós, para tê-las por imundas.
Lv 20:26 E ser-me-eis santos, porque eu, o SENHOR, sou santo,
                e vos separei dos povos, para serdes meus.
Lv 20:27 Quando, pois, algum homem ou mulher em si
                tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação,
                               certamente morrerá; serão apedrejados;
                o seu sangue será sobre eles.
O verso 7 e 8 falam claramente para nos santificarmos, e sermos santos, pois o SENHOR é nosso Deus e, ainda, devemos guardar os seus estatutos, e cumpri-los, pois ele é o SENHOR que nos santifica.
Aliás não somente os vs. 7 e 8, mas em diversas partes está o Senhor lembrando e falando e nos exortando à santidade por que ele é Santo.
Quem nos santifica é o Senhor, mas nós devemos nos santificar e sermos santos porque o Senhor é nosso Deus. Como nos santificaremos e seremos santos se não guardando e cumprindo os seus estatutos?
Eu entendo que o Senhor me santifica assim que eu me santificar e que eu não me santifico se não se o Senhor não me levar à santificação.
Tudo vem do Senhor que graciosamente tudo nos dá em abundância. O que nos estraga são as reclamações, murmurações, corações endurecidos, ingratidão, teimosia que na verdade nos quer manter na escravidão do egoísmo e do orgulho para ainda mais nos afundarmos em nossos pecados prediletos.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.