sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Êxodo 37: 1-29 – CONSTRUINDO O TABERNÁCULO CONFORME MODELO CELESTE.

Continuamos com construção do tabernáculo que se iniciou em 36:8 e vai até o final do capítulo 39:43.
Aqui no capítulo 37 de Êxodo[1], veremos:
·        A Arca, até o vs 5 – comparar com Êx 25:10-15;
·        O Propiciatório, até o vs 9 – comparar com Êx 25:17-22;
·        A Mesa, até o vs 16 – comparar com Êx 25:23-30;
·        O Candelabro, até o vs 24 – comparar com Êx 25:31-39;
·        O Altar do Incenso, até o vs 28 – comparar com Êx 30:1-10
·        O Óleo Sagrado, vs 29 - comparar com Êx 30:22-38.
Tudo feito por bezalel, com base no modelo que lhe fora mostrado. Assim era o tabernáculo.
Também chamado de santuário e de tenda da congregação (Êx 27.21); em muitos aspectos, o tabernáculo aqui descrito se assemelha ao templo de Jerusalém, construído no tempo de Salomão (1Rs 6).
Segundo as medidas indicadas em Êxodo 26.15-30, a estrutura de madeira do santuário tinha aproximadamente treze metros e meio de comprimento, quatro metros e meio de largura e quatro metros e meio de altura.
O véu ou cortina interior (v. 31) o dividia em duas partes: o Santo Lugar e o Santo dos Santos (v. 33), cuja extensão era de nove metros e quatro metros e meio, respectivamente, de maneira que o último tinha forma cúbica.
No Santo Lugar ficavam a mesa dos pães da proposição (Éx 25.23-30; 37.10-16), o candelabro (Êx 25.31-40; 37.17-24) e o altar do incenso (Êx 30.1-10; 37.25-28). No Santo dos Santos ficava apenas a arca da Aliança (Êx 25.10-22; 37.1-9).
Na descrição do tabernáculo, são empregados termos técnicos da arquitetura da época, cujo significado não é conhecido com certeza, o que impede que se tenha uma imagem precisa desse santuário portátil que deveria acompanhar a marcha de Israel através do deserto.” (BEG).
Ex 37:1 Fez também Bezalel a arca de madeira de acácia;
o seu comprimento era de dois côvados e meio;
e a sua largura de um côvado e meio;
e a sua altura de um côvado e meio.
Ex 37:2 E cobriu-a de ouro puro por dentro e por fora;
e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor;
Ex 37:3 E fundiu-lhe quatro argolas de ouro nos seus quatro cantos;
num lado duas, e no outro lado duas argolas;
Ex 37:4 E fez varais de madeira de acácia, e os cobriu de ouro;
Ex 37:5 E pôs os varais pelas argolas aos lados da arca,
para se levar a arca.
Ex 37:6 Fez também o propiciatório de ouro puro;
o seu comprimento era de dois côvados e meio,
e a sua largura de um côvado e meio.
Ex 37:7 Fez também dois querubins de ouro; de obra batida os fez,
nas duas extremidades do propiciatório.
Ex 37:8 Um querubim na extremidade de um lado,
e o outro na outra extremidade do outro lado;
de uma só peça com o propiciatório
fez os querubins nas duas extremidades dele.
Ex 37:9 E os querubins estendiam as asas por cima,
cobrindo com elas o propiciatório;
e os seus rostos estavam defronte um do outro;
os rostos dos querubins estavam virados para o propiciatório.
Ex 37:10 Fez também a mesa de madeira de acácia;
o seu comprimento era de dois côvados,
e a sua largura de um côvado,
e a sua altura de um côvado e meio.
Ex 37:11 E cobriu-a de ouro puro,
e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.
Ex 37:12 Fez-lhe também, ao redor,
uma moldura da largura da mão;
e fez uma coroa de ouro ao redor da moldura.
Ex 37:13 Fundiu-lhe também quatro argolas de ouro;
e pôs as argolas nos quatro cantos que estavam
em seus quatro pés.
Ex 37:14 Defronte da moldura estavam as argolas
para os lugares dos varais, para se levar a mesa.
Ex 37:15 Fez também os varais de madeira de acácia,
e os cobriu de ouro, para se levar a mesa.
Ex 37:16 E fez de ouro puro os utensílios
que haviam de estar sobre a mesa,
os seus pratos e as suas colheres, e as suas tigelas
e as suas taças em que se haviam de oferecer libações.
Ex 37:17 Fez também o candelabro de ouro puro;
de obra batida fez este candelabro;
o seu pedestal, e as suas hastes, os seus copos, as suas maçãs,
e as suas flores, formavam com ele uma só peça.
Ex 37:18 Seis hastes saíam dos seus lados;
três hastes do candelabro, de um lado dele,
e três do outro lado.
Ex 37:19 Numa haste estavam três copos do feitio de amêndoas,
um botão e uma flor;
e na outra haste três copos do feitio de amêndoas,
um botão e uma flor;
assim eram as seis hastes que saíam
do candelabro.
Ex 37:20 Mas no mesmo candelabro havia quatro copos
do feitio de amêndoas com os seus botões
e com as suas flores.
Ex 37:21 E havia um botão debaixo de duas hastes da mesma peça;
e outro botão debaixo de duas hastes da mesma peça;
e mais um botão debaixo de duas hastes da mesma peça;
assim se fez para as seis hastes, que saíam dele.
Ex 37:22 Os seus botões e as suas hastes eram da mesma peça;
tudo era uma obra batida de ouro puro.
Ex 37:23 E fez-lhe, de ouro puro, sete lâmpadas
com os seus espevitadores e os seus apagadores;
Ex 37:24 De um talento de ouro puro fez o candelabro
e todos os seus utensílios.
Ex 37:25 E fez o altar do incenso de madeira de acácia;
de um côvado era o seu comprimento,
e de um côvado a sua largura, era quadrado;
e de dois côvados a sua altura;
dele mesmo eram feitas as suas pontas.
Ex 37:26 E cobriu-o de ouro puro,
a parte superior e as suas paredes ao redor, e as suas pontas;
e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.
Ex 37:27 Fez-lhe também duas argolas de ouro debaixo da sua coroa,
e os seus dois cantos, de ambos os seus lados,
para neles se colocar os varais, e com eles levá-lo.
Ex 37:28 E os varais fez de madeira de acácia, e os cobriu de ouro.
Ex 37:29 Também fez
o azeite santo da unção,
e o incenso aromático, puro,
qual obra do perfumista.
O INCENSO SAGRADO era proibido ser usado ou fabricado pelo povo, seu uso era somente para ser queimado em adoração ao Senhor. Sua formula era composta de partes iguais das seguintes especiarias aromáticas:
·       Benjoim
·       Ônica
·       Resina Medicinal, e
·       Incenso puro, e tudo isso era adicionado
·       Sal, e posteriormente todos estes ingredientes eram moídos até virar pó.
Esse INCENSO era SAGRADO e dedicado ao SENHOR, e se alguém o usasse era expulso do meio do povo de Deus.
AZEITE DA UNÇÃO Sua formula era sagrada e também proibida de ser usada sem que fosse para ungir no serviço religioso do Senhor. Era feito de:
·       3 litros e meio de Azeite, ao qual se misturava
·       seis quilos de Mirra Líquida,
·       3 quilos de Canela,
·       3 quilos de Cana Cheirosa, e
·       6 quilos de Cássia.
Sua finalidade: Ungir o TABERNÁCULO e seus utensílios”.
Para maiores detalhes sobre cada um desses compostos, ver nosso comentário quando falamos do capítulo 30, deste (http://www.jamaisdesista.com.br/2013/10/exodo-30-1-38-segmentado-e-comentado_33.html).




[1] Fonte de pesquisas: http://www.jesusnet.org.br/, http://www.grupodehomensmissionarios.com/, http://www.thestudiesinthescriptures.com/, http://www.estudosdabiblia.net/, http://apaixonadopormissoes.blogspot.com/2009/06/o-tabernaculo-parte-i.html, Manual Bíblico de Halley/ editora vida, Bíblica de Estudo de Genebra, Bíblia Ilúmina.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.