domingo, 13 de outubro de 2013

Êxodo 18: 1-27 – MOISÉS SEGUE OS CONSELHOS SÁBIOS DE SEU SOGRO.

Neste capítulo um encontro muito interessante e bom porque o sogro de Moisés, Jetro, lhe aparece vindo de sua terra conduzindo a mulher de Moisés e seus dois filhos. Depois, Jetro vê Moisés julgando o povo e lhe dá conselhos de como fazê-lo e ele acata.
Como é bom que tenhamos parentes e amigos que sejam bênçãos em nossas vidas. Jetro era sacerdote em Midiã e já tinha ouvido das maravilhas que o Senhor tinha feito ao povo de Israel, por isso fora conferir de perto tudo aquilo.
Ele apanha sua mulher, Zípora e seus dois filhos Gérson e Eliézer cujos nomes indicam o que se passava naquela mente de Moisés durante seus muitos anos de peregrinações. Gérson foi o nome que recebeu seu primeiro filho por causa de seu acolhimento enquanto peregrino em terra estranha. Esse nome significa “estrangeiro lá”, “exilado”, vem do Hebraico Gereshom, Gershom, Gersam, que tem como significado os elementos “ger” que significa “estrangeiro” e “sam” que quer dizer “lá”.
Moisés trabalhou, foi honesto, dedicou-se, seguiu ao Senhor e nisso perseverou durante toda sua vida, uns 40 anos naquele deserto. E ali Deus o abençoou com trabalho, moradia, esposa e filhos. Ele se sentiu alguém estranho que estava no meio de uma gente estranha, mas conviveu pacificamente e foi produtivo e feliz.
O seu outro filho Eliézer já falava, pelo seu nome, de suas memórias com relação ao Egito e ele entendia que fora livrado da morte por ajuda divina e assim foi em direção ao deserto sem nem saber nada de onde iria parar e o que aconteceria, mas Deus estava com ele e o poupou e o preservou e o usou no devido tempo, 40 anos depois. Eliézer, pois dissera: "O Deus de meu pai (Eli) foi o meu ajudador (ezer); livrou-me da espada do faraó” – Ex 18.4.
Jetro era um sacerdote em Midiã e os midianitas são os descendentes de Abraão e sua esposa Quetura, desposada após a morte de Sara. Os filhos deste segundo casamento, entre eles Midiã, foram enviados para uma terra distante, longe de Isaque, filho da promessa.
Tais descendentes de Abraão, então, deram origem à tribo dos midianitas, que mais tarde são mencionados em conjunto com os ismaelitas — também descendentes de Abraão, porém através de sua escrava egípcia, Hagar, que lhe deu um filho a quem deu o nome de Ismael.
MIDIANITAS = POVO PERIGOSO[1]
Não era o primeiro combate contra os midianitas. Em outra ocasião, quase o povo de Deus foi destruído pelos midianitas e moabitas. Eles tinham qualidades que os tornavam perigosíssimos:
1. Tinham a semelhança dos filhos de Israel.
"Desposou Abrão outra mulher; chama-se Quetura. Ela lhe deu à luz a Zinrá, Jocsã, Medã, Midiã, Jisbaque e Sua". (Gn 25:1 - 2)
Tinham a aparência dos filhos de Israel, pois tinham uma mesma origem de sangue, sendo descendentes também de Abrão (Gn 25:1-2). Esta familiaridade trazia da parte de Israel uma recepção a eles até perigosa. Um exemplo disso é que o próprio Moisés se casou com uma midianita quando estava no deserto em fuga (Êx 2:15-22).
2. Conheciam o compromisso de Israel com Deus e criam nele.
"Alegrou-se Jetro de todo o bem que o Senhor fizera a Israel, livrando-o da mão dos egípcios. Agora sei que o Senhor é maior que todos os deuses, porque livrou este povo de debaixo da mão dos egípcios, quando agiram arrogantemente contra o povo. Então Jetro, sogro de Moisés, tomou holocausto e sacrificou para Deus; e veio Arão, e todos os anciãos de Israel, para comerem pão com o sogro de Moisés diante de Deus". (Êx 18:9, 11 - 12)
Jetro era o sogro de Moisés, que era midianita.
Conheciam a forma de adoração e o compromisso com Deus, que dava aos israelitas a certeza da vitória, sabendo, assim, que, quando perdessem esse sentimento, se tornariam alvo fácil deles na guerra.
3. Atacavam potencializados por outros povos - Nm 22:4.
"Os midianitas, os amalequitas e todos os povos do Oriente cobriam o vale como gafanhotos em multidão; e eram os seus camelos em multidão inumerável como a areia que há na praia do mar". (Jz 7:12)
Nunca atuavam sozinhos, sempre usavam do poderio de outros para ajudá-los.
4. Não tinham escrúpulos.
"Disse-lhes Moisés: Deixastes viver todas as mulheres? Eis que estas, por conselho de Balaão, fizeram prevaricar os filhos de Israel contra o Senhor, no caso de Peor, pelo que houve a praga entre a congregação do Senhor". (Nm 31:15 e 16).
Faziam qualquer coisa para vencer, não se preocupando com valores morais. Deram suas próprias mulheres para contaminar os israelitas, quando estes estavam entrando na Terra Prometida.
Mesmo Jetro sendo midianita, era sogro de Moisés e seus conselhos foram muito sábios e deixaram Moisés bastante aliviado na questão necessária de julgamento de todo povo que queria conhecer e andar nos caminhos e estatutos do Senhor.
Eu mais uma vez entendo que Deus usa quem ele quer e da forma que ele quer lhe sendo aceitáveis em qualquer situação, os que o temem e o respeitam e seguem seus caminhos. Vamos conferir em At 10:35: pelo contrário, em qualquer nação, aquele que o teme e faz o que é justo lhe é aceitável.
Moisés teve humildade de aceitar os ensinamentos de seu sogro e ali seu sogro pode ver e ouvir as histórias de Deus e mesmo saber e ver a coluna de fogo e a nuvem de dia. Depois de sua visita partiu de volta à sua terra e Moisés continuou com sua missão, bem mais aliviado.
Ex 18:1 Ora Jetro, sacerdote de Midiã, sogro de Moisés,
ouviu todas as coisas que Deus tinha feito
a Moisés e a Israel seu povo,
como o SENHOR tinha tirado a Israel do Egito.
Ex 18:2 E Jetro, sogro de Moisés,
tomou a Zípora, a mulher de Moisés,
depois que ele lha enviara,
Ex 18:3 Com seus dois filhos, dos quais um se chamava
Gérson; porque disse: Eu fui peregrino em terra estranha;
Ex 18:4 E o outro se chamava Eliézer; porque disse:
O Deus de meu pai foi por minha ajuda,
e me livrou da espada de Faraó.
Ex 18:5 Vindo, pois, Jetro, o sogro de Moisés,
com seus filhos e com sua mulher,
a Moisés no deserto, ao monte de Deus,
onde se tinha acampado,
Ex 18:6 Disse a Moisés:
Eu, teu sogro Jetro, venho a ti,
com tua mulher e seus dois filhos com ela.
Ex 18:7 Então saiu Moisés ao encontro de seu sogro,
e inclinou-se, e beijou-o, e perguntaram um ao outro como estavam,
e entraram na tenda.
Ex 18:8 E Moisés contou a seu sogro
todas as coisas que o SENHOR tinha feito
a Faraó e aos egípcios por amor de Israel,
e todo o trabalho que passaram no caminho,
e como o SENHOR os livrara.
Ex 18:9 E alegrou-se Jetro de todo o bem que o SENHOR tinha feito
a Israel, livrando-o da mão dos egípcios.
Ex 18:10 E Jetro disse:
Bendito seja o SENHOR,
que vos livrou das mãos dos egípcios e da mão de Faraó;
que livrou a este povo de debaixo da mão dos egípcios.
Ex 18:11 Agora sei que o SENHOR é maior que todos os deuses;
porque na coisa em que se ensoberbeceram,
os sobrepujou.
Ex 18:12 Então Jetro, o sogro de Moisés,
tomou holocausto e sacrifícios para Deus;
e veio Arão, e todos os anciãos de Israel,
para comerem pão com o sogro de Moisés
diante de deus.
Ex 18:13 E aconteceu que, no outro dia,
Moisés assentou-se para julgar o povo;
e o povo estava em pé diante de Moisés
desde a manhã até à tarde.
Ex 18:14 Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse:
Que é isto, que tu fazes ao povo?
Por que te assentas só,
e todo o povo está em pé diante de ti,
desde a manhã até à tarde?
Ex 18:15 Então disse Moisés a seu sogro:
É porque este povo vem a mim,
para consultar a Deus;
Ex 18:16 Quando tem algum negócio vem a mim,
para que eu julgue entre um e outro
e lhes declare os estatutos de Deus e as suas leis.
Ex 18:17 O sogro de Moisés, porém, lhe disse:
Não é bom o que fazes.
Ex 18:18 Totalmente desfalecerás,
assim tu como este povo que está contigo;
porque este negócio é mui difícil para ti;
tu só não o podes fazer.
Ex 18:19 Ouve agora minha voz,
eu te aconselharei,
e Deus será contigo.
Sê tu pelo povo diante de Deus,
e leva tu as causas a Deus;
Ex 18:20 E declara-lhes os estatutos e as leis,
e faze-lhes saber o caminho em que devem andar,
e a obra que devem fazer.
Ex 18:21 E tu dentre todo o povo procura
homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade,
que odeiem a avareza;
e põe-nos sobre eles por maiorais de mil,
maiorais de cem, maiorais de cinqüenta,
e maiorais de dez;
Ex 18:22 Para que julguem este povo em todo o tempo;
e seja que todo o negócio grave tragam a ti,
mas todo o negócio pequeno eles o julguem;
assim a ti mesmo te aliviarás da carga,
e eles a levarão contigo.
Ex 18:23 Se isto fizeres,
e Deus to mandar,
poderás então subsistir;
assim também todo este povo em paz irá ao seu lugar.
Ex 18:24 E Moisés deu ouvidos à voz de seu sogro,
e fez tudo quanto tinha dito;
Ex 18:25 E escolheu Moisés
homens capazes, de todo o Israel,
e os pôs por cabeças sobre o povo;
maiorais de mil, maiorais de cem,
maiorais de cinqüenta e maiorais de dez.
Ex 18:26 E eles julgaram o povo em todo o tempo;
o negócio árduo trouxeram a Moisés,
e todo o negócio pequeno julgaram eles.
Ex 18:27 Então despediu Moisés o seu sogro,
o qual se foi à sua terra.
Cada um de nós tem a sua missão e Jetro cumpriu a sua e voltou a sua terra para continuar outras missões que Deus lhe tinha entregue. Moisés e o povo ficaram muito gratos e aliviados. Dentro de três dias eles chegariam ao Sinai e ali Deus iria introduzir a sua lei.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br


Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.