domingo, 6 de outubro de 2013

Êxodo 11: 01-10 – A TERRÍVEL DÉCIMA PRAGA.

Temos aqui a décima praga, a última praga, a da morte dos primogênitos de todo Egito, inclusive das servas e dos animais, com exceção dos primogênitos de Israel, pois nenhum cão, não moverá nem se quer a sua língua.
Praga excessivamente dura e ainda assim o coração de Faraó permanecia junto com seus servos endurecido. Essa praga parece-se um pouco com a primeira cuja serpente de Moisés devorou todas as serpentes dos magos.
No verso 3 está dito que os egípcios deram alegremente presentes aos israelitas, por causa da intervenção do Senhor. Quando Deus quer, quem poderá se opor? E se ele não quiser, quem lhe poderá convencer?
Como se vê nas pragas, Deus foi humilhando cada um dos deuses do Egito. Aqueles que temiam ao Senhor puderam testificar que não existia outro senão o Deus de Moisés e de Arão.
A última das pragas, tão terrível, iria tocar nos animais, no povo, e, em especial, ela tocaria num “deus”. O “deus” particular daquela nação, ou seja em Faraó. E a forma de tocar em faraó seria tocando no seu filho, pois o menino seria, naturalmente, o seu sucessor no trono.
Assim, o juízo de Deus foi ainda mais adiante. E em todas as casas dos egípcios havia pranto, pois os seus primogênitos, de homens e animais, estavam, agora, mortos. A última humilhação de Deus viera, agora, sobre o trono do próprio faraó e de todo o Egito.
Já nas outras casas, digo, nas casas do povo do grande Jeová, existia a marca do sangue do cordeiro, já simbolizando a marca que cada um de nós teríamos que obter, pois, este sangue esta para todo aquele que nele crer.
E hoje, será que não estamos também com dois povos, os que creem e esperam pela vinda de Jesus e os que o negam, bem assim o seu poder e vivem como se Jesus não fosse voltar?
Novamente aqui temos a distinção feita por Deus acerca do seu povo e do povo do Egito.
Ex 11:1 E o SENHOR disse a Moisés:
Ainda uma praga trarei sobre Faraó,
e sobre o Egito;
depois vos deixará ir daqui;
e, quando vos deixar ir totalmente,
a toda a pressa vos lançará daqui.
Ex 11:2 Fala agora aos ouvidos do povo,
que cada homem peça ao seu vizinho,
e cada mulher à sua vizinha,
jóias de prata e jóias de ouro.
Ex 11:3 E o SENHOR deu ao povo
graça aos olhos dos egípcios;
também o homem Moisés
era mui grande na terra do Egito,
aos olhos dos servos de Faraó
e aos olhos do povo.
Ex 11:4 Disse mais Moisés:
Assim o SENHOR tem dito:
A meia noite eu sairei pelo meio do Egito;
Ex 11:5 E todo o primogênito na terra do Egito morrerá,
desde o primogênito de Faraó,
que haveria de assentar-se
sobre o seu trono,
até ao primogênito da serva
que está detrás da mó,
e todo o primogênito dos animais.
Ex 11:6 E haverá grande clamor em toda a terra do Egito,
como nunca houve semelhante e nunca haverá;
Ex 11:7 Mas entre todos os filhos de Israel
nem mesmo um cão moverá a sua língua,
desde os homens até aos animais,
para que saibais que o SENHOR
fez diferença entre os egípcios e os israelitas.
Ex 11:8 Então todos estes teus servos
descerão a mim,
e se inclinarão diante de mim, dizendo:
Sai tu,
e todo o povo que te segue
as pisadas;
e depois eu sairei.
E saiu da presença de Faraó
ardendo em ira.
Êxodo 11:9 O SENHOR dissera a Moisés:
Faraó não vos ouvirá,
para que as minhas maravilhas
se multipliquem na terra do Egito.
Êxodo 11:10 E Moisés e Arão fizeram
todas estas maravilhas diante de Faraó;
mas o SENHOR endureceu o coração de Faraó,
que não deixou ir os filhos de Israel da sua terra.

Apesar de tudo que foi feito, Faraó continuava endurecido e não deixava Israel sair como Moisés e Arão pedia por ordem de Deus. Ele somente se deixará convencer na hora da execução desta tão terrível praga que ele ainda acha que pode se livrar.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

2 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.