sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Gênesis 45: 1-28 – JOSÉ SE REVELA AOS SEUS IRMÃOS.

Em Gênesis 45, José finalmente e já não aguentando mais se revela a seus irmãos e pergunta Em Gênesis 45, José finalmente e já não aguentando mais se revela a seus irmãos e pergunta por seu pai e lhes explica porque estava ali e porque tudo tinha acontecido. Jacó, seu pai, é avisado de que seu filho José ainda estava vivo e ficou embasbacado.
Muito interessante a história de José. Eu até pensava que ele seria o escolhido, mas Deus escolheu Judá para ser aquele que portaria a semente messiânica. Na história de José, apesar de tudo o que se passou com ele, não vemos aquela mágoa corrosiva em sua vida.
Ele não sai se vingando de seus irmãos ou os acusando disso ou daquilo, mas vemos alguém que tinha algo a mais em seu coração do que ressentimentos e mágoas, mas amor, temor a Deus e muita confiança na providência divina. Ele diz a seus irmãos que Deus o enviara antes deles para deles estar agora cuidando.
Ele não fala que por causa da maldade deles é que ele foi parar no Egito, mas Deus converteu suas maldades em bênçãos. Ele não sai destruindo eles porque seu coração já havia sido curado pelo Espírito Santo. Ele reconhece a providência divina e entende que seus passos e de seus irmãos são dirigidos pelo Senhor.
Na verdade, José tinha testado eles em todos os seus limites antes mesmo de se revelar a eles e os resultados dos seus testes foram todos de acordo com que ele já sabia e cria e esperava. Seus irmãos haviam mudado e mudado para melhor. No meio de seu teste mais difícil, ele não resiste e se revela e chora e abraça Benjamim e abraça seus irmãos e os beija.
E o coração dos irmãos e a mente deles como não estava? Sabe aquela situação em que você é pego em flagrante e está todo enrolado? Assim, eles estavam diante de José. Não estavam por cima, mas por baixo e totalmente vulneráveis. Se José quisesse, eles acabariam aceitando toda punição, mas José retribui toda aquela maldade com amor.
Que lição forte e que aprendizado foi aquilo tudo para seus irmãos que com certeza repassaram para seus filhos e os filhos de seus filhos de forma que cada um foi ensinado que Israel tem um Deus forte, poderoso, soberano e que se importa com todos eles.
Todos se alegraram com José e até Faraó se alegrou e se mostrou disposto a ajudá-los. José era muito querido e amado e, mais do que tudo, um servo de Deus que dava testemunho de Deus diante de um povo que não conhecia a Deus.
Ele envia seus irmãos de volta para Canaã e pede, encarecidamente, que tragam seu pai e todos para a terra do Egito porque estavam ainda no segundo ano da fome terrível e ainda haveria mais cinco anos difíceis.
Faraó mesmo envia presentes ao pai de José e enviam uma super caravana com presentes, mimos e tudo mais. Jacó foi informado de tudo e ao ver tudo que estava ao seu redor e ouvir as histórias que ouviu desmaiou de alegria. Diz a palavra que seu espírito reviveu!
Como é que eles contaram a história a seu pai depois de terem inventado aquela mentira inicial da morte de José? A Bíblia nada comenta disso, mas eu creio que a verdade reinou ali e houve cura e perdão.
Amor e perdão versos ódio e ressentimentos! Onde estão presentes tais coisas a escolha certa pode gerar cura, vida e um novo começo.
Gn 45:1 Então José não se podia conter diante de todos os que estavam
com ele; e clamou:
Fazei sair daqui a todo o homem;
e ninguém ficou com ele,
quando José se deu a conhecer a seus irmãos.
Gn 45:2 E levantou a sua voz com choro,
de maneira que os egípcios o ouviam,
e a casa de Faraó o ouviu.
Gn 45:3 E disse José a seus irmãos:
Eu sou José;
vive ainda meu pai?
E seus irmãos não lhe puderam responder,
porque estavam pasmados diante da sua face.
Gn 45:4 E disse José a seus irmãos:
Peço-vos, chegai-vos a mim.
E chegaram-se; então disse ele:
Eu sou José vosso irmão,
a quem vendestes para o Egito.
Gn 45:5 Agora, pois, não vos entristeçais,
nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes
vendido para cá;
porque para conservação da vida,
Deus me enviou adiante de vós.
Gn 45:6 Porque já houve dois anos de fome no meio da terra,
e ainda restam cinco anos em que não haverá
lavoura nem sega.
Gn 45:7 Pelo que Deus me enviou adiante de vós,
para conservar vossa sucessão na terra,
e para guardar-vos em vida
por um grande livramento.
Gn 45:8 Assim não fostes vós que me enviastes para cá,
senão Deus, que me tem posto por pai de Faraó,
e por senhor de toda a sua casa,
e como regente em toda a terra do Egito.
Gn 45:9 Apressai-vos,
e subi a meu pai,
e dizei-lhe:
Assim tem dito o teu filho José:
Deus me tem posto por senhor em toda a terra do Egito;
desce a mim, e não te demores;
Gn 45:10 E habitarás na terra de Gósen,
e estarás perto de mim, tu e os teus filhos,
e os filhos dos teus filhos, e as tuas ovelhas,
e as tuas vacas, e tudo o que tens.
Gn 45:11 E ali te sustentarei,
porque ainda haverá cinco anos de fome,
para que não pereças de pobreza, tu e tua casa,
e tudo o que tens.
Gn 45:12 E eis que vossos olhos,
e os olhos de meu irmão Benjamim,
vêem que é minha boca que vos fala.
Gn 45:13 E fazei saber a meu pai toda a minha glória no Egito,
e tudo o que tendes visto,
e apressai-vos a fazer descer meu pai para cá.
Gn 45:14 E lançou-se ao pescoço de Benjamim seu irmão,
e chorou;
e Benjamim
chorou também ao seu pescoço.
Gn 45:15 E beijou a todos os seus irmãos,
e chorou sobre eles;
e depois seus irmãos falaram com ele.
Gn 45:16 E esta notícia ouviu-se na casa de Faraó:
Os irmãos de José são vindos;
e pareceu bem aos olhos de Faraó,
e aos olhos de seus servos.
Gn 45:17 E disse Faraó a José:
Dize a teus irmãos:
Fazei isto:
carregai os vossos animais e parti,
tornai à terra de Canaã.
Gn 45:18 E tornai a vosso pai, e às vossas famílias,
e vinde a mim;
e eu
vos darei o melhor da terra do Egito,
e comereis da fartura da terra.
Gn 45:19 A ti, pois, é ordenado:
Fazei isto:
tomai vós da terra do Egito
carros para vossos meninos,
para vossas mulheres, e para vosso pai,
e vinde.
Gn 45:20 E não vos pese coisa alguma dos vossos utensílios;
porque o melhor de toda a terra do Egito será vosso.
Gn 45:21 E os filhos de Israel fizeram assim.
E José deu-lhes carros,
conforme o mandado de Faraó;
também lhes deu comida para o caminho.
Gn 45:22 A todos lhes deu, a cada um, mudas de roupas;
mas a Benjamim deu trezentas peças de prata,
e cinco mudas de roupas.
Gn 45:23 E a seu pai enviou
semelhantemente dez jumentos carregados do melhor do Egito,
e dez jumentos carregados de trigo e pão,
e comida para seu pai, para o caminho.
Gn 45:24 E despediu os seus irmãos,
e partiram;
e disse-lhes:
Não contendais pelo caminho.
Gn 45:25 E subiram do Egito,
e vieram à terra de Canaã, a Jacó seu pai.
Gn 45:26 Então lhe anunciaram, dizendo:
José ainda vive,
e ele também é regente em toda a terra do Egito.
E o seu coração desmaiou,
porque não os acreditava.
Gn 45:27 Porém,
havendo-lhe eles contado todas as palavras de José,
que ele lhes falara,
e vendo ele
os carros que José enviara para levá-lo,
reviveu o espírito de Jacó seu pai.
Gn 45:28 E disse Israel:
Basta;
ainda vive meu filho José;
eu irei
e o verei antes que morra.
Que alegria do pai de José que agora vai empreender uma viagem para o Egito com tudo o que ele tinha reunido até aqui para ir de encontro aquele que em seu coração tinha desaparecido, mas que agora voltou. Que viagem emocionante e cheia de pensamentos que insistem em dominar sua mente. Deus estava ali se revelando mais uma vez a Jacó, José e a todos os filhos de Israel.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.