quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Gênesis 36: 1-43 – OS DESCENDENTES DE ESAÚ

Gênesis 36 nada mais é do que a descrição detalhada das gerações de Esaú, que é Edom e de Seir, morador da região que os filhos de Esaú destruíram – Dt 2:22 – ou, em alguns casos, com quem se casaram. Esaú surgiu como um poderoso senhor naquela região, mas ele estava subordinado a Israel – 25:23.
As profecias sobre Esaú – 25:23; 27:39, 40 – se cumpriram de modo a consolidar a grandiosidade de Israel, que governou sobre Edom – 27:29. Assim como o nome de Israel se transformou na nação de Israel, assim também o nome de Edom formou o povo edomita. A lista dos descendentes mostra também a transição dos descendentes de Esaú de uma estrutura tribal para uma monarquia designada. (Fonte: BEG).
E o que podemos aprender deste registro das gerações de um povo que também saiu de Jacó, mas que não trouxe a semente messiânica? Vejamos:[1]
I.         Vemos como as promessas de Deus a respeito de Esaú foram cumpridas. Prosperidade temporal.
II.      Aprendemos sobre o princípio pelo qual a história do AT está escrita.
Este capítulo é uma espécie de despedida de Esaú e de sua posteridade.
O fluxo da história sagrada leva ao Messias, a flor e a perfeição da nossa raça humana.
Toda história contida na Escritura está registrada observando este princípio - que era o desígnio e propósito de Deus em trazer o seu Filho unigênito ao mundo.
III.   Aprendemos que os inimigos de Deus podem ser distinguidos pela glória temporal, às vezes grande e próspera.
Três vezes neste capítulo, registra-se a frase: "Este é Edom", e uma vez que "Ele é Esaú, pai dos edomitas" (vs. 1, 9, 19, 43). Eles eram os piores inimigos de Israel. Esaú é o pai de perseguidores. No entanto, Esaú prosperou em sua vida mais do que o irmão.
Assim, o crente é ensinado que ele deve trabalhar e ter paciência e não deve invejar a prosperidade rápida e alegre das pessoas deste mundo.
Seu valor, sucesso e recompensa está com o Altíssimo. Sua prosperidade pode ser tarde e remota, mas é permanente.
IV.   Aprendemos como Deus trabalha na formação de povos e nações.
A subjugação dos horeus pelos edomitas, e a fusão de ambos em um reino, é um exemplo da maneira pela qual os povos e nações são formadas e consolidada. Isso tem ocorrido muitas vezes na história.
Temos exemplos no aumento dos samaritanos, e na formação dos romanos. E, nos tempos modernos, temos um exemplo semelhante na subjugação dos gauleses pelos francos.
Vemos que os passos de Deus devem ser rastreados por toda a história humana.
Estas nações que desprezavam o povo da aliança estavam ainda sob os cuidados e controle da providência divina, que nomeou os limites da sua habitação, e vigiava o seu crescimento e desenvolvimento (Atos 17:26).
V.     Nós aprendemos, ainda, a importância do indivíduo na história.
O elemento pessoal ou individual aparece em toda a história, mas de uma forma mais marcante na história sagrada. Vemos como as nações são carimbados com o caráter de seu ancestral.


Gn 36:1 E estas são as gerações de Esaú (que é Edom).
Gn 36:2 Esaú tomou suas mulheres das filhas de Canaã;
a Ada, filha de Elom, heteu,
e a Aolibama, filha de Aná, filho de Zibeão, heveu.
Gn 36:3 E a Basemate, filha de Ismael, irmã de Nebaiote.
Gn 36:4 E Ada teve de Esaú a Elifaz;
e Basemate teve a Reuel;
Gn 36:5 E Aolibama
deu à luz a Jeús, Jalão e Coré;
estes são os filhos de Esaú,
que lhe nasceram na terra de Canaã.
Gn 36:6 E Esaú tomou suas mulheres,
e seus filhos, e suas filhas,
e todas as almas de sua casa, e seu gado,
e todos os seus animais, e todos os seus bens,
que havia adquirido na terra de Canaã;
e foi para outra terra apartando-se de Jacó, seu irmão;
Gn 36:7 Porque os bens deles eram muitos
para habitarem juntos;
e a terra de suas peregrinações
não os podia sustentar por causa do seu gado.
Gn 36:8 Portanto Esaú habitou na montanha de Seir;
Esaú é Edom.
Gn 36:9 Estas, pois, são as gerações de Esaú,
pai dos edomeus, na montanha de Seir.
Gn 36:10 Estes são os nomes dos filhos de Esaú:
Elifaz, filho de Ada, mulher de Esaú;
Reuel, filho de Basemate, mulher de Esaú.
Gn 36:11 E os filhos de Elifaz foram:
Temã, Omar, Zefó, Gaetã e Quenaz.
Gn 36:12 E Timna era concubina de Elifaz,
filho de Esaú, e teve de Elifaz a Amaleque.
Estes são os filhos de Ada,
mulher de Esaú.
Gn 36:13 E estes foram os filhos de Reuel:
Naate, Zerá, Samá e Mizá;
estes foram os filhos de Basemate,
mulher de Esaú.
Gn 36:14 E estes foram os filhos de Aolibama,
mulher de Esaú, filha de Aná, filho de Zibeão;
ela teve de Esaú:
Jeús, Jalão e Coré.
Gn 36:15 Estes são os príncipes dos filhos de Esaú:
os filhos de Elifaz, o primogênito de Esaú,
o príncipe Temã, o príncipe Omar, o príncipe Zefó,
o príncipe Quenaz.
Gn 36:16 O príncipe Coré, o príncipe Gaetã, o príncipe Amaleque;
estes são os príncipes de Elifaz na terra de Edom;
estes são os filhos de Ada.
Gn 36:17 E estes são os filhos de Reuel, filhos de Esaú:
o príncipe Naate, o príncipe Zerá, o príncipe Samá,
o príncipe Mizá;
estes são os príncipes de Reuel, na terra de Edom;
estes são os filhos de Basemate, mulher de Esaú.
Gn 36:18 E estes são os filhos de Aolibama, mulher de Esaú:
o príncipe Jeús, o príncipe Jalão, o príncipe Coré;
estes são os príncipes de Aolibama, filha de Aná,
mulher de Esaú.
Gn 36:19 Estes são os filhos de Esaú,
e estes são seus príncipes:
Ele é Edom.
Gn 36:20 Estes são os filhos de Seir, horeu,
moradores daquela terra:
Lotã, Sobal, Zibeão e Aná,
Gn 36:21 Disom, Eser e Disã;
estes são os príncipes dos horeus, filhos de Seir,
na terra de Edom.
Gn 36:22 E os filhos de Lotã
foram Hori e Homã;
e a irmã de Lotã era Timna.
Gn 36:23 Estes são os filhos de Sobal:
Alvã, Manaate, Ebal, Sefó e Onã.
Gn 36:24 E estes são os filhos de Zibeão:
Aiá e Aná;
este é o Aná que achou as fontes termais no deserto,
quando apascentava os jumentos de Zibeão, seu pai.
Gn 36:25 E estes são os filhos de Aná:
Disom e Aolibama, a filha de Aná.
Gn 36:26 E estes são os filhos de Disã:
Hendã, Esbã, Itrã e Querã.
Gn 36:27 Estes são os filhos de Eser:
Bilã, Zaavã e Acã.
Gn 36:28 Estes são os filhos de Disã:
Uz e Arã.
Gn 36:29 Estes são os príncipes dos horeus:
o príncipe Lotã, o príncipe Sobal,
o príncipe Zibeão,
o príncipe Aná.
Gn 36:30 O príncipe Disom, o príncipe Eser,
o príncipe Disã:
estes são os príncipes dos horeus
segundo os seus principados na terra de Seir.
Gn 36:31 E estes são os reis que reinaram na terra de Edom,
antes que reinasse rei algum sobre os filhos de Israel.
Gn 36:32 Reinou, pois, em Edom Bela,
filho de Beor,
e o nome da sua cidade foi Dinabá.
Gn 36:33 E morreu Bela;
e Jobabe, filho de Zerá, de Bozra,
reinou em seu lugar.
Gn 36:34 E morreu Jobabe;
e Husão, da terra dos temanitas,
reinou em seu lugar.
Gn 36:35 E morreu Husão,
e em seu lugar reinou Hadade,
filho de Bedade, o que feriu a Midiã,
no campo de Moabe;
e o nome da sua cidade foi Avite.
Gn 36:36 E morreu Hadade;
e Samlá de Masreca reinou em seu lugar.
Gn 36:37 E morreu Samlá;
e Saul de Reobote, junto ao rio,
reinou em seu lugar.
Gn 36:38 E morreu Saul;
e Baal-Hanã, filho de Acbor, reinou em seu lugar.
Gn 36:39 E morreu Baal-Hanã, filho de Acbor;
e Hadar reinou em seu lugar,
e o nome de sua cidade foi Pau;
e o nome de sua mulher foi Meetabel,
filha de Matrede, filha de Me-Zaabe.
Gn 36:40 E estes são os nomes dos príncipes de Esaú,
segundo as suas gerações,
segundo os seus lugares, com os seus nomes:
o príncipe Timna, o príncipe Alva, o príncipe Jetete,
Gn 36:41 O príncipe Aolibama, o príncipe Ela, o príncipe Pinom,
Gn 36:42 O príncipe Quenaz, o príncipe Temã, o príncipe Mibzar,
Gn 36:43 O príncipe Magdiel, o príncipe Irã:
estes são os príncipes de Edom,
segundo as suas habitações,
na terra da sua possessão.
Este é Esaú, pai de Edom.
A Bíblia é incrível! O registro dos descendentes de Esaú, os quais são os Edomitas, nos ensinam muitas coisas como as que foram faladas e explicadas acima.
A partir de agora o registro se volta exclusivamente para Jacó e seus descendentes principalmente dos que que gerarão o Messias anunciado desde Gn 3.
Naquela época a mensagem era de que o Messias viria. Hoje a mensagem é de que o Messias voltará! Ele veio num dia determinado da história e hoje é história contada, ensinada e registrada. Ele voltará, certamente, num dia que se chamará HOJE! Maranata!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.