sábado, 31 de agosto de 2013

Gênesis 25: 1-40 - ESAÚ REJEITA A BÊNÇÃO.

Encerra-se a vida de Abraão que alcançou a idade de 175 anos e que deve ter se casado com Quetura perto dos seus 140 anos. Ele tinha ainda muito vigor, tanto que gerou ainda com ela 5 filhos. Ainda Abraão teve muitos outros filhos das concubinas que tinha. Morreu farto de dias, próspero e abençoado.
Ele deu presentes a todos os seus filhos e todos eles herdaram dele bens que ele tinha acumulado ao longo de sua jornada terrestre, no entanto, a sua herança foi somente para Isaque, que era o filho da promessa. Gálatas 4:30 diz que seria para lançar fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava seria herdeiro com o filho da livre.
Isaque e Ismael foram os filhos queridos que sepultaram o pai ali na Capela de Macpela no campo de Efrom, filho de Zoar, heteu, que estava em frente de Manre, O campo que Abraão comprara aos filhos de Hete por 400 ciclos de prata, um absurdo de caro se comparado a outras terras vendidas e encontradas os seus registros na Bíblia.
Por exemplo, Jeremias comprou um campo por 19 ciclos de prata – Jr 32:9 – e Onri comprou o monte de Samaria por dois talentos de prata – I Re 16:24. Se assim compararmos veremos que Efrom se aproveitou de Abraão.
Agora a Bíblia vai focar na vida de Isaque, continuando assim a narrar a história da semente até que ela chegue em Cristo Jesus onde se dividirá a história e o registro bíblico também.
Ismael gerou doze príncipes e a Bíblia registra os nomes dele e suas gerações. Ele morre aos 137 anos e vai habitar desde Havilá até Sur, que está em frente do Egito, como quem vai para a Assíria, onde faz o seu assento – entram em acordo - diante da face de todos os seus irmãos.
Abençoou Deus a Isaque depois da morte de Abraão que foi habitar junto ao poço Beer-Laai-Rói. Ali começa a história de seus filhos tido aos sessenta anos, gêmeos, Esaú e Jacó.
Deus escolheu a Jacó e aborreceu a Esaú. Por quê? O apóstolo Paulo vai falar bem claramente sobre isso:
Romanos 9:11 Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama),
Romanos 9:12 Foi-lhe dito a ela: O maior servirá o menor.
Romanos 9:13 Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú.
Romanos 9:14 Que diremos pois? Que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma.
Não foi por obras que um foi escolhido e não o outro, nem foi por pré-ciência, como defendem os que não creem na clara predestinação soberana de Deus, mas por pura escolha independentemente de qualquer obra.
Permitam-me um parêntesis sobra a salvação. Há quem ache que salvação se perde. Se é assim, se é possível de perde-la, logo ela está em nosso poder e depende de nós e não de Deus, pois ele já me deu a salvação. Então eu passo a tomar conta dela e luto por ela e chego até os céus. O que direi? Graças te dou, Senhor? Isso é hipocrisia. Se não fosse eu, jamais eu teria sido salvo, logo sou melhor e mais digno do que meu irmão que se perdeu e mereço glórias por isso.
No entanto, eu sei pelo Espírito Santo de Deus que é A DEUS TODA A GLÓRIA!
A mamãe Rebeca foi perguntar ao Senhor por que os dois brigavam em seu ventre e a resposta foi: “Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor”. Ela perguntou e Deus lhe respondeu claramente. Ela ainda profetizou a sua vontade e ela mesma tomou conhecimento de sua própria palavra profética.
Ela somente ficou grávida porque Isaque orou insistentemente a Deus para ela ter filho. Isaque orou e Deus a visitou, logo com gêmeos que brigavam dentro dela. Quanto mais conheço ao Senhor, mais me encanto com ele e reconheço que ele é Deus soberano. No entanto a vontade do homem não é violada, nem Deus se serve da injustiça de forma constrangedora para o cumprimento dos seus eternos propósitos.
Eles nasceram saudáveis e cresceram e um deles se tornou caçador e o pai o amava e o outro um homem simples que habitava em tendas. O tempo foi passando e houve um dia que Esaú posteriormente lamentou muito, mas na hora nem quis saber de nada.
Ele estava faminto e chegara de sua caça e um guisado vermelho, prato de lentilhas, estava cozido por Jacó. Pediu a Jacó a comida e Jacó, espertamente, não é à toa que nasceu segurando pelo calcanhar de seu irmão, propôs-lhe uma troca “simples”. O guisado pelo direito de primogenitura.
Esaú rejeitando a Deus, rejeitando os valores, rejeitando e desprezando sua vida, escolhe um prato de lentilhas e essa foi toda a sua recompensa. Matou a sua fome e perdeu seus direitos. A palavra do Senhor iria se cumprir. Ele até tentou recuperar sua sorte e com lágrimas a buscou, mas já era tarde, perdera tudo. Péssima escolha!
Gn 25:1 E Abraão tomou outra mulher;
e o seu nome era Quetura;
Gn 25:2 E deu-lhe à luz
Zinrã, Jocsã, Medã, Midiã, Jisbaque e Suá.
Gn 25:3 E Jocsã gerou Seba e Dedã;
e os filhos de Dedã foram Assurim, Letusim e Leumim.
Gn 25:4 E os filhos de Midiã foram
Efá, Efer, Enoque, Abida e Elda.
Estes todos foram filhos de Quetura.
Gn 25:5 Porém Abraão
deu tudo o que tinha a Isaque;
Gn 25:6 Mas aos filhos das concubinas que Abraão tinha,
deu Abraão presentes
e, vivendo ele ainda,
despediu-os do seu filho Isaque,
enviando-os ao oriente,
para a terra oriental.
Gn 25:7 Estes, pois, são os dias dos anos da vida de Abraão,
que viveu cento e setenta e cinco anos.
Gn 25:8 E Abraão expirou,
morrendo em boa velhice,
velho e farto de dias;
e foi congregado ao seu povo;
Gn 25:9 E Isaque e Ismael, seus filhos,
sepultaram-no na cova de Macpela,
no campo de Efrom, filho de Zoar, heteu,
que estava em frente de Manre,
Gn 25:10 O campo que Abraão comprara aos filhos de Hete.
Ali está sepultado Abraão e Sara, sua mulher.
Gn 25:11 E aconteceu depois da morte de Abraão,
que Deus abençoou a Isaque seu filho;
e habitava Isaque junto ao poço Beer-Laai-Rói.
Gn 25:12 Estas, porém, são as gerações de Ismael filho de Abraão,
que a serva de Sara, Agar, egípcia, deu a Abraão.
Gn 25:13 E estes são os nomes dos filhos de Ismael,
pelos seus nomes, segundo as suas gerações:
O primogênito de Ismael era Nebaiote,
depois Quedar, Adbeel e Mibsão,
Gn 25:14 Misma, Dumá, Massá,
Gn 25:15 Hadade, Tema, Jetur, Nafis e Quedemá.
Gn 25:16 Estes são os filhos de Ismael,
e estes são os seus nomes pelas suas vilas
e pelos seus castelos;
doze príncipes segundo as suas famílias.
Gn 25:17 E estes são os anos da vida de Ismael,
cento e trinta e sete anos,
e ele expirou e, morrendo,
foi congregado ao seu povo.
Gn 25:18 E habitaram desde Havilá até Sur,
que está em frente do Egito,
como quem vai para a Assíria;
e fez o seu assento diante da face de todos os seus irmãos.
Gn 25:19 E estas são as gerações de Isaque, filho de Abraão:
Abraão gerou a Isaque;
Gn 25:20 E era Isaque da idade de quarenta anos,
quando tomou por mulher a Rebeca,
filha de Betuel, arameu de Padã-Arã,
irmã de Labão, arameu.
Gn 25:21 E Isaque orou insistentemente ao SENHOR por sua mulher,
porquanto era estéril;
e o SENHOR ouviu as suas orações,
e Rebeca sua mulher concebeu.
Gn 25:22 E os filhos lutavam dentro dela; então disse:
Se assim é, por que sou eu assim?
E foi perguntar ao SENHOR.
Gn 25:23 E o SENHOR lhe disse:
Duas nações há no teu ventre,
e dois povos se dividirão das tuas entranhas,
e um povo será mais forte do que o outro povo,
e o maior servirá ao menor.
Gn 25:24 E cumprindo-se os seus dias para dar à luz,
eis gêmeos no seu ventre.
Gn 25:25 E saiu o primeiro ruivo
e todo como um vestido de pelo;
por isso chamaram o seu nome Esaú.
Gn 25:26 E depois saiu o seu irmão,
agarrada sua mão ao calcanhar de Esaú;   
por isso se chamou o seu nome Jacó.
E era Isaque da idade de sessenta anos quando os gerou.
Gn 25:27 E cresceram os meninos,
e Esaú foi homem perito na caça,
homem do campo;
mas Jacó era homem simples,
habitando em tendas.
Gn 25:28 E amava Isaque a Esaú,
porque a caça era de seu gosto,
mas Rebeca amava a Jacó.
Gn 25:29 E Jacó cozera um guisado;
e veio Esaú do campo,
e estava ele cansado;
Gn 25:30 E disse Esaú a Jacó:
Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho,
porque estou cansado.
Por isso se chamou Edom.
Gn 25:31 Então disse Jacó:
Vende-me hoje a tua primogenitura.
Gn 25:32 E disse Esaú:
Eis que estou a ponto de morrer;
para que me servirá a primogenitura?
Gn 25:33 Então disse Jacó:
Jura-me hoje.
E jurou-lhe
e vendeu a sua primogenitura a Jacó.
Gn 25:34 E Jacó deu pão a Esaú e o guisado de lentilhas;
e ele comeu, e bebeu,
e levantou-se,
e saiu.
Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.

escolhas na nossa vida que não são escolhas, mas desastres. Esaú desprezou sua primogenitura e, portanto, foi também desprezado. Rejeitou a Deus, a família e aos valores mais nobres, foi rejeitado também. É triste esta história!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.