sábado, 24 de agosto de 2013

Gênesis 18: 1-33 – DEUS APARECE DE NOVO A ABRAÃO.

Que capítulo gostoso de ler e de meditar. Abraão, amigo de Deus, o pai de todos nós que somos da fé, recebe mais uma vez uma visita muito especial, especialíssima.
Apareceu-lhe o Senhor! Agora foi nos Carvalhais de Manre... Manre tinha sido um amorreu que buscava alianças com Abraão. Foi nestes carvalhais que Abraão tinha ido, conforme Gn 13:18 e ali tinha edificado um altar ao Senhor. E o Senhor aparece aonde? Aonde ele tinha lhe edificado um altar.
Os meus sítios na internet tanto a Semeadores quanto o meu JAMAIS DESISTA – www.jamaisdesista.com.br - que mantenho todos os dias com mensagens de Deus é o meu altar escolhido para eu todos os dias estar na presença do Senhor em oração, adoração e na pregação de sua palavra a todos os povos. Senhor aparece para mim também aqui! Pode vir com esses dois que estavam contigo quando apareceu para Abraão.
Era dia e o calor devia estar insuportável naquela região quente e Abraão estava ali assentado pensando na vida quando avista três homens que de imediato os reconhece sem os conhecer, ou então porque era constume da época ser tão prestativo com estrangeiros que chegavam.
O curioso é que ele logo se curvou diante deles. Quem seriam estes três? Um com certeza sabemos se tratar do Senhor numa manifestação teofânica a Abraão em forma humana que inclusive come e saboreia o delicioso prato servido com esmero por Abraão. Então eles comem, bebem, conversam. Interessante! Os outros dois, provavelmente eram anjos em forma humana.
“De pé em frente dele” também pode significar que “bateu a porta”, isto é aquela cena era clara de uma visita e uma manifestação exclusiva e intencional para Abraão por parte do Senhor da glória. Abraão se oferece todo e com gentilezas e serviço hospitaleiro presta-lhes assistência e estes aceitam sua oferta.
Depois da boa refeição, o Senhor lhe pergunta por Sara e ele responde e o Senhor entrega a ele a sua palavra de que Sara terá finalmente seu filho. Ela que escutava tudo e por ter já cessado o seu costume, o costume das mulheres de ovulação e por ser seu senhor Abraão já velho, se ri e deixa se dominar pela dúvida.
Ambos riram do que o Senhor estava a fazer com eles. Primeiro se riu Abraão, mas não foi punido nem advertido, mas Sara fora advertida e repreendida. Ela até ficou com tanto medo que negou tudo diante de Abraão que a repreendeu novamente porque estava mentindo.
Abraão não foi repreendido porque se riu da história porque de fato ela é cômica, engraçada, mas Sara não riu somente por isso, mas por duvidar. A própria resposta do Senhor ao exclamar se haveria coisa alguma demasiadamente difícil para ele é uma confirmação de que Sara tinha se deixado levar pela dúvida.
Eu não entendo porque o Senhor tinha deixado eles ficarem tão velhinhos para cumprir essa sua palavra. Eu vejo em Deus mistério e senso de humor. O fato é que a história é cômica e tanto é engraçada que o menino que nasceu recebeu o nome de Isaque “risos”. Quem deu a sugestão do nome aos pais? O próprio Senhor. Realmente é muito engraçado tudo isso.
Em seguida, depois disso tudo, Abraão percebe que eles estão olhando para o lado de Sodoma e sente em seu coração que algo terrível está por acontecer. Ele os segue e começa a interceder ao Senhor pelos justos da cidade.
É de se notar que o Senhor tomou a iniciativa de contar previamente a Abraão o que estaria por acontecer com Sodoma e Gomorra e assim explica os motivos a ele. Ocultaria o que estou por fazer a Abraão, disse o Senhor e explica porque não ocultaria:
a.     Porque Abraão virá a ser uma grande e poderosa nação onde nele serão benditas todas as nações da terra.
b.    Porque o tinha conhecido, e sabido que ele irá ordenar a seus filhos e à sua casa depois dele:
·       Para que guardem o caminho do SENHOR,
·       Para agir com justiça e juízo;
·       Para que o SENHOR faça vir sobre Abraão o que acerca dele tem falado
Em seguida, começa a oração intercessória de Abraão porque sabia que em Sodoma e Gomorra estaria seu sobrinho Ló e quem sabe mais algum justo. É interessante acompanhar seu pleito que começa com cinquenta e termina com 10, dando a entender o texto que se a conversa continuasse até apenas um justo, o Senhor não destruiria a cidade por causa deste justo. Então o Senhor envia aqueles dois anjos a Sodoma, o que veremos no próximo capítulo.
Gn 18:1 Depois
apareceu-lhe o SENHOR nos carvalhais de Manre,
estando ele assentado à porta da tenda,
no calor do dia.
Gn 18:2 E levantou os seus olhos,
e olhou,
e eis três homens em pé junto a ele.
E vendo-os,
correu da porta da tenda ao seu encontro
e inclinou-se à terra,
Gn 18:3 E disse:
Meu Senhor,
se agora tenho achado graça aos teus olhos,
rogo-te que não passes de teu servo.
Gn 18:4 Que se traga já um pouco de água,
e lavai os vossos pés,
e recostai-vos debaixo desta árvore;
Gn 18:5 E trarei um bocado de pão,
para que esforceis o vosso coração;
depois passareis adiante,
porquanto por isso chegastes até vosso servo.
E disseram:
Assim faze como disseste.
Gn 18:6 E Abraão apressou-se em ir ter com Sara à tenda, e disse-lhe:
Amassa depressa três medidas de flor de farinha,
e faze bolos.
Gn 18:7 E correu Abraão às vacas,
e tomou uma vitela tenra e boa,
e deu-a ao moço,
que se apressou em prepará-la.
Gn 18:8 E tomou manteiga e leite,
e a vitela que tinha preparado,
e pôs tudo diante deles,
e ele estava em pé junto a eles debaixo da árvore;
e comeram.
Gn 18:9 E disseram-lhe:
Onde está Sara, tua mulher?
E ele disse:
Ei-la aí na tenda.
Gn 18:10 E disse:
Certamente tornarei a ti por este tempo da vida;
e eis que Sara tua mulher terá um filho.
E Sara escutava à porta da tenda,
que estava atrás dele.
Gn 18:11 E eram Abraão e Sara já velhos,
e adiantados em idade;
já a Sara havia cessado o costume das mulheres.
Gn 18:12 Assim, pois,
riu-se Sara consigo, dizendo:
Terei ainda deleite depois de haver envelhecido,
sendo também o meu senhor já velho?
Gn 18:13 E disse o SENHOR a Abraão:
Por que se riu Sara, dizendo:
Na verdade darei eu à luz ainda,
havendo já envelhecido?
Gn 18:14 Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR?
Ao tempo determinado tornarei a ti por este tempo da vida,
e Sara terá um filho.
Gn 18:15 E Sara negou, dizendo:
Não me ri;
porquanto temeu.
E ele disse:
Não digas isso,
porque te riste.
Gn 18:16 E levantaram-se aqueles homens dali,
e olharam para o lado de Sodoma;
e Abraão ia com eles,
acompanhando-os.
Gn 18:17 E disse o SENHOR:
Ocultarei eu a Abraão o que faço,
Gn 18:18 Visto que Abraão certamente virá a ser
uma grande e poderosa nação,
e nele serão benditas todas as nações da terra?
Gn 18:19 Porque eu o tenho conhecido,
e sei que ele há de ordenar a seus filhos
e à sua casa depois dele,
para que guardem o caminho do SENHOR,
para agir com justiça e juízo;
para que o SENHOR faça vir sobre Abraão
o que acerca dele tem falado.
Gn 18:20 Disse mais o SENHOR:
Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado,
e porquanto o seu pecado se tem agravado muito,
Gn 18:21 Descerei agora,
e verei se com efeito têm praticado segundo o seu clamor,
que é vindo até mim;
e se não,
sabê-lo-ei.
Gn 18:22 Então viraram aqueles homens os rostos dali,
e foram-se para Sodoma;
mas Abraão ficou ainda em pé diante da face do SENHOR.
Gn 18:23 E chegou-se Abraão, dizendo:
Destruirás também o justo com o ímpio?
Gn 18:24 Se porventura houver cinqüenta justos na cidade,
destruirás também,
e não pouparás o lugar por causa dos cinqüenta justos
que estão dentro dela?
Gn 18:25 Longe de ti que faças tal coisa,
que mates o justo com o ímpio;
que o justo seja como o ímpio, longe de ti.
Não faria justiça o Juiz de toda a terra?
Gn 18:26 Então disse o SENHOR:
Se eu em Sodoma achar cinqüenta justos dentro da cidade,
pouparei a todo o lugar por amor deles.
Gn 18:27 E respondeu Abraão dizendo:
Eis que agora me atrevi a falar ao Senhor,
ainda que sou pó e cinza.
Gn 18:28 Se porventura de cinqüenta justos faltarem cinco,
destruirás por aqueles cinco toda a cidade?
E disse:
Não a destruirei,
se eu achar ali quarenta e cinco.
Gn 18:29 E continuou ainda a falar-lhe, e disse:
Se porventura se acharem ali quarenta?
E disse:
Não o farei por amor dos quarenta.
Gn 18:30 Disse mais:
Ora, não se ire o Senhor, se eu ainda falar:
Se porventura se acharem ali trinta?
E disse:
Não o farei se achar ali trinta.
Gn 18:31 E disse:
Eis que agora me atrevi a falar ao Senhor:
Se porventura se acharem ali vinte?
E disse:
Não a destruirei por amor dos vinte.
Gn 18:32 Disse mais:
Ora, não se ire o Senhor,
que ainda só mais esta vez falo:
Se porventura se acharem ali dez?
E disse:
Não a destruirei por amor dos dez.
Gn 18:33 E retirou-se o SENHOR,
quando acabou de falar a Abraão;
e Abraão tornou-se ao seu lugar.

O Senhor ficou ali com Abraão até sua oração ser concluída e Abraão ficar satisfeito com a resposta de Deus que lhe aparecera e com ele banqueteou em sua própria mesa. Que comunhão e relacionamento abençoado. Serviu ao Senhor com o prato que o Senhor sempre o abençoou, e o Senhor se deliciou. Linda história que deve nos inspirar a sermos hospitaleiros e prestativos porque quem recebe aquele que é enviado do Senhor, ao Senhor recebe.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.