sexta-feira, 12 de julho de 2013

Provérbios 26: 1-28 segmentado

Aqui neste capítulo há muitos versículos falando contra os tolos e contra os preguiçosos. E quem são os tolos se não os que rejeitam a sabedoria e desprezam o conhecimento do Altíssimo e não há temor de Deus em seus corações insensatos? E quem são os preguiçosos se não àqueles que lhes falta o ânimo por também rejeitarem ao seu Senhor?
Em ambos os casos e em outros casos além das tolices e da preguiça, o que está por traz de todas as ações é uma ação de rejeição do conhecimento do Altíssimo, do Senhor que fez os céus e a terra e tudo o que neles há. A consequência imediata da rejeição é a própria rejeição.
Rejeitamos a Deus e, imediatamente, somos rejeitados. Não que sejamos abandonados da sua graça e misericórdia que nos permite viver e receber as bênçãos e dádivas de Deus por muitos tempos sem fim, mas que somos entregues a nós mesmos para nossa própria ruína e destruição.
A graça e a misericórdia nos permite vivermos com bênçãos e ainda termos o fôlego de vida. O bandido que rouba e assalta; o violento que estrupa e ameaça; o drogado que tudo faz, inclusive violência contra os seus progenitores para alcançarem uma única dose; o maligno que violenta uma criança inocente; o que mata e rouba sem remorsos, todos eles continuam a receber da graça e da misericórdia de Deus.
A graça e a misericórdia de Deus alcança a todos sem distinção, por isso que a chuva e o sol tanto favorecem quanto castigam tanto os justos quanto os injustos. Deus nos dá todos os dias comida, vestes, ar para respirar, saúde, esperanças, forças, inteligência, capacidade. Quem faz mal uso das coisas que Deus lhe dá abundantemente todos os dias está sendo entregue a si mesmo para sua própria ruína.
Deus é tão real e importante em nossas vidas que devemos tomar cuidado com ele para não sermos devorados em sua ira alegando não estarmos vendo ele nem sentindo a sua presença. Ele se faz presente na criação e na manutenção da vida todos os dias. A sua rejeição é uma afronta que custa muito caro.
Pv 26:1 Como a neve no verão, e como a chuva na sega,
assim não fica bem para o tolo a honra.
Pv 26:2 Como ao pássaro o vaguear, como à andorinha o voar,
assim a maldição sem causa não virá.
Pv 26:3 O açoite é para o cavalo, o freio é para o jumento,
e a vara é para as costas dos tolos.
Pv 26:4 Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia;
para que também não te faças semelhante a ele.
Pv 26:5 Responde ao tolo segundo a sua estultícia,
para que não seja sábio aos seus próprios olhos.
Pv 26:6 Os pés corta, e o dano sorve,
aquele que manda mensagem pela mão dum tolo.
Pv 26:7 Como as pernas do coxo, que pendem flácidas,
assim é o provérbio na boca dos tolos.
Pv 26:8 Como o que arma a funda com pedra preciosa,
assim é aquele que concede honra ao tolo.
Pv 26:9 Como o espinho que entra na mão do bêbado,
assim é o provérbio na boca dos tolos.
Pv 26:10 O Poderoso, que formou todas as coisas, paga ao tolo,
e recompensa ao transgressor.
Pv 26:11 Como o cão torna ao seu vômito,
assim o tolo repete a sua estultícia.
Pv 26:12 Tens visto o homem que é sábio a seus próprios olhos?
Pode-se esperar mais do tolo do que dele.
Pv 26:13 Diz o preguiçoso:
Um leão está no caminho;
um leão está nas ruas.
Pv 26:14 Como a porta gira nos seus gonzos,
assim o preguiçoso na sua cama.
Pv 26:15 O preguiçoso esconde a sua mão ao seio;
e cansa-se até de torná-la à sua boca.
Pv 26:16 Mais sábio é o preguiçoso a seus próprios olhos
do que sete homens que respondem bem.
Pv 26:17 O que, passando, se põe em questão alheia,
é como aquele que pega um cão pelas orelhas.
Pv 26:18 Como o louco que solta faíscas, flechas, e mortandades,
Pv 26:19 Assim é o homem que engana o seu próximo, e diz:
Fiz isso por brincadeira.
Pv 26:20 Sem lenha, o fogo se apagará;
e não havendo intrigante, cessará a contenda.
Pv 26:21 Como o carvão para as brasas, e a lenha para o fogo,
assim é o homem contencioso para acender rixas.
Pv 26:22 As palavras do intrigante são como doces bocados;
elas descem ao mais íntimo do ventre.
Pv 26:23 Como o caco de vaso coberto de escórias de prata,
assim são os lábios ardentes com o coração maligno.
Pv 26:24 Aquele que odeia dissimula com seus lábios,
mas no seu íntimo encobre o engano;
Pv 26:25 Quando te suplicar com voz suave não te fies nele,
porque abriga sete abominações no seu coração,
Pv 26:26 Cujo ódio se encobre com engano,
a sua maldade será exposta perante a congregação.
Pv 26:27 O que cava uma cova cairá nela;
e o que revolve a pedra, esta voltará sobre ele.
Pv 26:28 A língua falsa odeia aos que ela fere,
e a boca lisonjeira provoca a ruína.
Haverá um dia que tudo isso que estamos vivendo e que aflige os nossos corações cessará e Deus será tudo em todos. Não mais o pecado estará nos influenciando porque não mais pecaremos assim como hoje não deixamos de pecar. Por isso, oremos para que o Senhor volte logo. Maranata!
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 335 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 753 dias para 05/05/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.