sexta-feira, 31 de maio de 2013

Salmo 134: 1-3 - VAMOS CULTUAR AO SENHOR

Aqui estamos nós todos os dias meditando na palavra de Deus e entregando ou procurando entregar algum valor para aqueles que leem este blog. Como ontem conversei com a serva do Senhor, Dona Odete, durante os dias que me propus a escrever até agora, jamais faltou assunto nem conteúdo para eu escrever.
Enquanto houvesse vasilhas vazias nas mãos da viúva, jamais faltaria o azeite, mas no dia em que ela pediu mais uma vasilha ao filho e este lhe disse que acabou, também acabou o azeite. Enquanto eu estiver vazio e vier ao Senhor pedir para ele me encher, jamais faltará a sua palavra para ser trazida ao seu povo em meditação.
A Bíblia é um poço inesgotável de saber e pregações por isso a ordem de Deus a Josué e bem aplicada pelo escritor de Hebreus a todos os crentes de que ele jamais nos deixaria nem nunca jamais nos abandonaria. Para Josué ele disse em Josué 1:8: “Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.
Aqui estamos nós com mais um salmo, este bem pequeno, mas relevante porque nos remete à adoração mediante o louvor a Deus. A palavra está dirigida aos que assistem na casa do Senhor todas as noites, ou seja, aos sacerdotes e levitas e, por meio de Cristo e seu chamado, a todos os crentes, filhos de Deus, seus servos.
Sim, a palavra está dirigida a nós e a você amado leitor. Vamos bendizer ao Senhor. Vamos levantar as nossas mãos no santuário. Usemos nossas línguas para bendizer ao Senhor em todo o tempo. Não importam as circunstâncias, deixemos tudo de lado para bendizermos ao Senhor.
Faremos isso não na esperança de que fazendo isso teremos nossas circunstâncias mudadas a nosso favor; não, não assim raciocinando e maliciando, mas porque Deus está conosco sempre. E, se está conosco sempre, sabemos que sempre está e estará no controle de tudo. E, se está no controle de tudo, estamos seguros ainda que o mundo ao nosso redor venham a ruir e nós com ele. Ao final, ele nos salvará para sempre.
O salmista então exalta ao Senhor lembrando a todos que ele é o Criador e como Criador bendito irá nos abençoar. A maior bênção de nossas vidas não está no que Deus pode fazer por nós, mas em sabermos que ele está conosco. Nossos olhos não devem estar nas bênçãos, mas no abençoador.
As bênçãos virão certamente. É uma questão de paciência e confiança no Senhor. Nossa atitude deve ser daquele que o adora e nele confia de todo o seu coração, alma, forças e entendimento. A nossa maior bênção é o Senhor e não os seus livramentos. Por isso que o salmista diz no salmo 23:1: “ O SENHOR É MEU PASTOR, ELE [O SENHOR] NÃO ME FALTARÁ!”.
No comentário de Calvino, na sua introdução, encontraremos uma simples menção dizendo que se trata de uma exortação ao povo, mais particularmente para os sacerdotes e levitas, para louvar a Deus.
Sl 134:1 <<Cântico dos degraus>>
Eis aqui,
bendizei ao SENHOR todos vós,
servos do SENHOR,
que assistis na casa do SENHOR todas as noites.
Sl 134:2 Levantai as vossas mãos no santuário,
e bendizei ao SENHOR.
Sl 134:3 O SENHOR
que fez o céu e a terra
te abençoe desde Sião.

Foi o Senhor quem fez os céus e a terra, ou seja, fez tudo e a todos. Ele somente é o Criador. Sendo criador bendito para todo sempre, também é o sustentador da vida e assim se torna o Deus provedor que a todos derrama de sua graça e misericórdia. O salmista encerra o salmo com a bênção do abençoador-mor: o criador dos céus e da terra.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...
[Valid Atom 1.0]

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.