sábado, 25 de maio de 2013

Salmo 128: 1-6 - TEMOR DE DEUS E FELICIDADE NO LAR

Sem dúvidas um salmo magnífico que exalta o Senhor mostrando todos os benefícios daqueles que o temem e guardam a sua aliança. É bem-aventurado tanto o que teme quanto o que anda nos seus caminhos.
Ao anunciar os benefícios e bênçãos que estão sobre os bem-aventurados temos por tabela uma demonstração da graça de Deus nessas vidas como exemplo às demais pessoas que vivem nesse mundo. O caminho para o sucesso necessariamente deve passar pelo Senhor e quanto mais intimidades eu tiver com Deus, melhor será para mim.
Por exemplo, no filme EM BUSCA DA FELICIDADE, o autor principal tem um sonho e para realizá-lo vai atrás de tudo e sacrifica todas as coisas, mas chega lá. O custo de sua conquista é um rastro de destruição. Será, então, que vale a pena uma conquista assim?
Eu sempre tenho dito a qualquer um, inclusive em minhas raras oportunidades de prédicas, que não somos administradores de contingências de forma que escolheremos as circunstâncias que iremos enfrentar, viver e passar por elas, mas nelas, no meio do fogo, somos convidados sim a darmos glórias a Deus, a reconhecê-lo em tudo, a termos corações agradecidos nele e a confiar cabalmente em seu socorro quer ele aconteça, quer não aconteça.
É como os três rapazes diante da fornalha de fogo em Daniel. Não havia como escapar da fornalha, exceto renunciando as suas crenças, razão das suas vidas. Eles não renunciaram e tiveram que enfrentar uma fornalha aquecida sete vezes mais. Os que os lançaram na fornalha, foram de imediato sacrificados pelo fogo ardente.
Diante daquela situação difícil, eles não recuaram e preferiram enfrentar o fogo sem ao menos saber se iriam sair vivos ou não. Eles disseram ao rei: - Ó Nabucodonosor, quanto a isto não necessitamos de te responder. Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei. Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste. (Dn 3:16-18).
Neste caso específico, Deus os livrou e o quarto homem da fornalha era sim Jesus Cristo, a segunda pessoa da Trindade, na sua forma divina. De uma coisa estou certo: - quer nos livrando, quer não nos livrando, jamais sairemos perdendo, mesmo que enfrentando a morte cruel como tantos de nossos irmãos enfrentaram e não receberam as suas recompensas.
Deus tem preparado o momento certo quando receberemos dele nosso galardão. Por isso que a Bíblia também chama de bem-aventurados os que dormem no Senhor para que descansem de suas obras, pois as suas obras os acompanham.
Apocalipse 14:13 Então, ouvi uma voz do céu, dizendo: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham.
Calvino em seu comentário, apenas falando de sua introdução, não entra muito em detalhes. Ele comenta ser este salmo semelhante ao anterior e, por assim dizer, uma espécie de apêndice dele, pois declara que a bênção divina, para a difusão do que entre toda a raça humana Salomão declarou, é para ser visto mais visivelmente na facilidade de verdadeiros e sinceros servos de Deus.
Este salmo é semelhante ao precedente e, por assim dizer, uma espécie de apêndice para ele; pois declara que a benção divina, cuja difusão entre todo a raça humana, Salomão testificou, deve ser vista de forma mais visível na facilidade dos verdadeiros e sinceros servos de Deus.
Uma canção de degraus.
Sl 128:1 Bem-aventurado
aquele que teme ao SENHOR
e anda nos seus caminhos!
Sl 128:2 Do trabalho de tuas mãos comerás,
feliz serás,
e tudo te irá bem.
Sl 128:3 Tua esposa,
no interior de tua casa,
será como a videira frutífera;
teus filhos,
como rebentos da oliveira,
à roda da tua mesa.
Sl 128:4 Eis como será abençoado
o homem que teme ao SENHOR!
Sl 128:5 O SENHOR te abençoe desde Sião,
para que vejas a prosperidade de Jerusalém
durante os dias de tua vida,
Sl 128:6 vejas os filhos de teus filhos.
Paz sobre Israel!

Sim, o homem que teme ao Senhor não deve ter medo de nada mais e ainda será abençoado por Deus. Meus queridos, vale a pena continuarmos firmes e fortes sem desanimar em nossa caminhada rumo à glória. Tenhamos paciência que nosso dia está chegando! Um bom dia a todos e até amanhã.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.