quinta-feira, 23 de maio de 2013

Salmo 126: 1-6 segmentado


Que belíssimo salmo, também de cânticos de degraus. É Deus quem restaura a nossa sorte! Alias aqui nos salmos, tenho observado na segmentação de 126 deles, incluindo este, que sempre é Deus quem faz todas as coisas por nós ou seja, Deus sempre está no controle de tudo e de todos e de todas as coisas.
Se foram para o cativeiro, Deus permitiu; se voltaram do cativeiro, Deus agiu pela sua graça e misericórdia. No entanto, Deus jamais em suas atitudes vilipendia a vontade humana deixando-a livre para seguir o seu curso.
Amados, o que nos leva ao cativeiro são os nossos pecados que inclui a rejeição de Deus, de sua aliança, de seus mandatos, de seus mandamentos e de sua graça. No cativeiro, clamamos, choramos, lamentamos e oramos a Deus para nos livrar e nos dar novas oportunidades. Deus nos ouve e responde às nossas orações e nos livra de lá, do cativeiro. Mas voltamos a rejeitá-lo e novamente tudo volta a acontecer, dessa vez, provavelmente, com nossos filhos.
Reclamamos do que não temos e não agradecemos o que temos. Lamentamos o que somos e não vemos os dons e talentos que Deus, certamente nos brindou. Choramos onde estamos e não percebemos que ali Deus nos colocou porque tem conosco propósitos eternos que somente nós poderemos realizar. É lamentável!
Isso tem de mudar! Vamos chamar a gratidão e fazer um pacto com ela de não a abandonarmos jamais. Vamos convidar a sua irmã, ações de graça e igualmente convidá-la a estar conosco. Juntemos a elas, o júbilo e a alegria porque não estamos sozinhos a ver navios, temos um Deus que se importa conosco e está conosco todo o tempo.
Estando todos juntos e felizes, vamos fazer aquilo pelo qual Deus, o criador, nos fez: ADORÁ-LO!
Diz Calvino, em seu comentário, na sua introdução sobre este salmo, que ele se divide em três partes.
Em primeiro lugar, o Profeta exorta os fiéis, que haviam voltado do cativeiro, para terem corações gratos e assim exalta a graça de Deus que lhes proveu a libertação. O sentido é para mostrar-lhes, além de qualquer dúvida, que eles foram trazidos de volta ao seu país, pela mão de Deus , e não por uma conjuntura fortuita de circunstâncias, ou pelo favor dos homens.
Na segunda parte é adicionada uma oração, para Deus aperfeiçoar seu próprio trabalho que tinha começado.
Finalmente, na terceira parte, embora não houvesse nenhuma perspectiva imediata de uma restauração completa, Deus mesmo atenua a sensação de cansaço, que poderia ocasionar atraso, e assim assegura-lhes que, embora no momento a semente fosse regada com lágrimas, a colheita seria feliz.
Veja o comentário em inglês (apenas a sua introdução):
This Psalm consists of three parts. First, the Prophet exhorts the faithful, who had returned from the captivity, to gratitude, and highly extols the grace displayed in their deliverance, to show them, beyond all doubt, that they were brought back to their own country by the hand of God, and not by a fortuitous conjuncture of circumstances, or by the favor of men. In the second part a prayer is added, that God would perfect his own work which he had begun. Finally, although there was no immediate prospect of a full restoration, yet he mitigates the feeling of weariness which delay might occasion, and assures them, that though at present the seed was watered with tears, the harvest would be joyous.
A Song of Degrees.
Sl 126:1 Quando o SENHOR restaurou a sorte de Sião,
ficamos como quem sonha.
Sl 126:2 Então,
a nossa boca se encheu de riso,
e a nossa língua, de júbilo;
então, entre as nações se dizia:
Grandes coisas o SENHOR tem feito por eles.
Sl 126:3 Com efeito,
grandes coisas fez o SENHOR por nós;
por isso, estamos alegres.
Sl 126:4 Restaura,
SENHOR,
a nossa sorte,
como as torrentes no Neguebe.
Sl 126:5 Os que com lágrimas semeiam
com júbilo ceifarão.
Sl 126:6 Quem sai andando e chorando,
enquanto semeia,
voltará com júbilo,
trazendo os seus feixes.
Que forma linda de encerrar este salmo interessante e muito agradável: voltaremos com júbilo em nossos lábios quando contemplarmos, lá na glória, o lindo jardim que Deus nos permitiu juntamente com o seu Espírito Santo plantar aqui na terra ao pregarmos o evangelho, em obediência a ele, a todas as criaturas.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 385 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 803 dias para 05/05/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários: