segunda-feira, 20 de maio de 2013

Salmo 123: 1-4 segmentado


Este é um salmo pequeno, com apenas 4 versículos, chamados de canções ou cânticos de degraus que ninguém sabe ao certo o significado exato do porque ser intitulado assim 15 dos salmos na Bíblia (os salmos de 120 a 134).
Há explicações interessantes no site http://www.biblegems.com/MIKE_WSPSALMS120-134.HTM e também no blog http://dnstephen.blogspot.com.br/2011/03/os-salmos-de-subidas-ou-degraus.html, mas seu resumo e conclusão são de que não há consenso em uma interpretação geral aceitável.
Estamos então no quarto salmo de degraus e eu vejo aqui o salmista dirigindo-se àquele que habita nos céus em busca de seu auxílio, socorro e proteção. No salmo 121, no segundo salmo de degraus, lá estava Davi olhando para os montes e clamando a Deus o socorro. Aqui, ele está olhando para Deus na mesma expectativa.
Olhar para os montes, olhar para Deus, olhar para a situação difícil, olhar para os problemas, olhar para a vida e seus enigmáticos caminhos, olhar para o sofrimento irá fazer parte do processo de nossa vida pela qual não podemos escolher situações, nem circunstâncias, mas vive-las, passar por elas, enfrenta-las.
Ele elevou os olhos dele para o alto e para Deus porque já imaginava que são seria capaz de passar pelo que teria de passar sem a força e ajuda de seu Deus. era como se ele estivesse dizendo: tudo bem, irei passar por isso, mas fortalece-me a fim de que eu passa dando glórias ao teu excelso nome.
Assim, somos coagidos a passar por elas, mas não somos coagidos a glorificar a Deus nelas. A glorificar Deus nessas situações e circunstâncias não escolhidas, somos convidados por Deus e pelo Espírito Santo. Devemos, portanto glorifica-lo em primeiro lugar e em seguida encontrar motivos inteligentes de rendermos graças a Ele.
Os nossos olhos já estão postos nele e agora vem o pedido de misericórdia ao Deus misericordioso porque os soberbos estão escarnecendo e desprezando nossa alma afligida.
Calvino, na introdução, em seu comentário, fala apenas do fiel que oprimido e perseguido roga a Deus por livramento onde não há mais nenhuma fonte de esperança e proteção.
In this Psalm, the faithful oppressed with the cruel tyranny of their enemies, beseech God to deliver them, there being no other source of hope left for them except in his protection.
A Song of Degrees.
Sl 123:1 A ti,
que habitas nos céus,
elevo os olhos!
Sl 123:2 Como os olhos dos servos
estão fitos nas mãos dos seus senhores,
e os olhos da serva,
na mão de sua senhora,
assim os nossos olhos estão fitos no SENHOR,
nosso Deus,
até que se compadeça de nós.
Sl 123:3 Tem misericórdia de nós,
SENHOR,
tem misericórdia;
pois estamos sobremodo fartos de desprezo.
Sl 123:4 A nossa alma
está saturada do escárnio
dos que estão
à sua vontade
e do desprezo
dos soberbos.
Não há uma conclusão neste salmo, apenas o pedido de clamor a misericórdia de Deus e a demonstração a ele da saturação de nossa alma pelo escárnio e desprezo dos soberbos.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 388 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 806 dias para 05/05/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.