quarta-feira, 15 de maio de 2013

Salmo 118: 1-26 - A ALEGRIA DOS JUSTOS PELO SALVADOR

Particularmente, gosto dos salmos de Davi pela sua postura diante de Deus de extrema fé, confiança e certeza de que era amado por Deus e não vivia a crise de identidade, apesar de tudo parecer contrário a ele por causa de tantas perseguições estando ele inocente em todas elas.
Este é mais um salmo de Davi e se percebe a sua alegria de ver os planos de Deus se cumprirem nele, apesar dele. Ele era humilde e andava com Deus em constante oração e espera. Seu jeito especial de orar é para nós um modelo de oração e confiança em Deus. Eu quero aprender a orar e a ter fé como Davi.
Há uma curiosidade sobre este salmo...
Se eu fosse Gregório e pudesse voltar no tempo e tivesse o encargo de organizar e arrumar o calendário, eu marcaria aquele domingo da ressurreição como o primeiro dia de uma nova era. No entanto, foi o nascimento de Jesus Cristo que dividiu a história em Antes de Cristo e Depois de Cristo. Gregório errou nos cálculos e na data de nascimento de Cristo.
O erro humano tem significado diante de Deus que tudo criou. Deus permitiu que o erro ficasse registrado para mostrar ao homem que ele, o homem, é falível e que sem Deus não pode fazer coisa alguma de valor e de significado. O Sl 118:8 e o 9, em resumo, diz que é melhor confiar em Deus do que nos homens.
A Bíblia possui 1189 capítulos. Antes do salmo 118, que é o capítulo central da Bíblia, há 594 capítulos e depois do salmo 118, há 594 capítulos. Logo o Salmo 118 é o capítulo central da Bíblia. O Salmo 117 é o menor capítulo da Bíblia, com somente 2 versículos e o Salmo 119, o maior capítulo, com 176 versículos. Já o versículo central da Bíblia é Salmo 118:8. O conteúdo deste versículo central é “é melhor confiar em Deus do que nos homens”. O versículo seguinte quase é uma repetição do anterior “é melhor confiar em Deus do que nos príncipes”. Repare: Salmo 118:8 e 118:9 com 1189 capítulos ou com 594+594 = 1188.
Creio que Deus permitiu o erro gregoriano em nosso calendário para ficar estampado ao homem quem ele é: falível, pecador, carente da graça de Deus.
Calvino, na sua introdução deste salmo belíssimo de Davi, comenta o momento exato em que este salmo foi escrito. Davi tinha sido apossado como rei, e consciente de que ele reinava para a segurança comum do povo judeu, convida todos os filhos de Abraão a ponderar atentamente esta graça. Ele também relata seus perigos, a magnitude e os grandes livramentos do Senhor. Ele teria sido morto umas cem vezes se não tivesse Deus maravilhosamente o socorrido.
Foi Deus mesmo quem o levou a ser rei e subir ao trono e não por sua própria política, nem pelo favor dos homens, nem por quaisquer meios humanos. Mesmo sabendo da promessa de Deus e nele esperando não usurpou o trono que era de Saul, ele tinha certeza de que seria estabelecido pelo próprio Deus. Lembremo-nos de que era o projeto do Espírito Santo, sob a figura deste reino temporal, para descrever o reino eterno e espiritual do Filho de Deus, assim como Davi representou sua pessoa.
No momento em que este salmo foi escrito, sempre que era, Davi alcançou a posse do poder real e ciente de que ele reinava pela segurança comum da Igreja, exorta todos os filhos de Abraão a ponderar atentamente essa graça. Ele também relata seus perigos, cuja magnitude e variedade o teriam matado cem vezes, se Deus não o tivesse socorrido maravilhosamente. Deste modo, é óbvio que ele chegou ao trono do reino, nem por sua própria política, nem pelo favor dos homens, nem por qualquer meio humano. Ao mesmo tempo, ele nos informa que ele não imprevisivelmente ou por intrigas perversas se apressou e tomou a posse forçada do reino de Saul, mas que ele foi nomeado e estabelecido rei pelo próprio Deus. Lembremos que foi o propósito do Espírito, sob a figura deste reino temporal, descrever o reino eterno e espiritual do Filho de Deus, assim como Davi representou sua pessoa.
Sl 118:1 Rendei graças ao SENHOR,
porque ele é bom,
porque a sua misericórdia dura para sempre.
Sl 118:2 Diga, pois, Israel:
Sim, a sua misericórdia dura para sempre.
Sl 118:3 Diga, pois, a casa de Arão:
Sim, a sua misericórdia dura para sempre.
Sl 118:4 Digam, pois, os que temem ao SENHOR:
Sim, a sua misericórdia dura para sempre.
Sl 118:5 Em meio à tribulação,
invoquei o SENHOR,
e o SENHOR me ouviu
e me deu folga.
Sl 118:6 O SENHOR está comigo;
não temerei.
Que me poderá fazer o homem?
Sl 118:7 O SENHOR está comigo
entre os que me ajudam;
por isso,
verei cumprido o meu desejo nos que me odeiam.
Sl 118:8 Melhor é buscar refúgio no SENHOR
do que confiar no homem.
Sl 118:9 Melhor é buscar refúgio no SENHOR
do que confiar em príncipes.
Sl 118:10 Todas as nações me cercaram,
mas em nome do SENHOR as destruí.
Sl 118:11 Cercaram-me,
cercaram-me de todos os lados;
mas em nome do SENHOR as destruí.
Sl 118:12 Como abelhas me cercaram,
porém como fogo em espinhos foram queimadas;
em nome do SENHOR as destruí.
Sl 118:13 Empurraram-me violentamente
para me fazer cair,
porém o SENHOR me amparou.
Sl 118:14 O SENHOR é a minha força
e o meu cântico,
porque ele me salvou.
Sl 118:15 Nas tendas dos justos
há voz de júbilo
e de salvação;
a destra do SENHOR
faz proezas.
Sl 118:16 A destra do SENHOR
se eleva,
a destra do SENHOR
faz proezas.
Sl 118:17 Não morrerei;
antes,
viverei
e contarei as obras do SENHOR.
Sl 118:18 O SENHOR me castigou severamente,
mas não me entregou à morte.
Sl 118:19 Abri-me as portas da justiça;
entrarei por elas
e renderei graças ao SENHOR.
Sl 118:20 Esta é a porta do SENHOR;
por ela entrarão os justos.
Sl 118:21 Render-te-ei graças
porque me acudiste
e foste a minha salvação.
Sl 118:22 A pedra que os construtores rejeitaram,
essa veio a ser a principal pedra,
angular;
Sl 118:23 isto procede do SENHOR
e é maravilhoso aos nossos olhos.
Sl 118:24 Este é o dia que o SENHOR fez;
regozijemo-nos
e alegremo-nos nele.
Sl 118:25 Oh! Salva-nos,
SENHOR,
nós te pedimos;
oh! SENHOR,
concede-nos prosperidade!
Sl 118:26 Bendito
o que vem em nome do SENHOR.
A vós outros da Casa do SENHOR,
nós vos abençoamos.
Sl 118:27 O SENHOR é Deus,
ele é a nossa luz;
adornai a festa com ramos
até às pontas do altar.
Sl 118:28 Tu és o meu Deus,
render-te-ei graças;
tu és o meu Deus,
quero exaltar-te.
Sl 118:29 Rendei graças ao SENHOR,
porque ele é bom,
porque a sua misericórdia
dura para sempre.

Davi pode começar seus salmos com lutas e sofrimentos, mas sempre os termina com palavras de vitórias e de esperança de que a luta continuará e, no final, Deus triunfará. 
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.