segunda-feira, 13 de maio de 2013

Salmo 116: 1-19 - AÇÕES DE GRAÇA PORQUE O SENHOR NOS OUVE

O salmista declara que ama ao Senhor porque ele o ouve e está atento às suas súplicas, porque ele inclina os seus ouvidos para ele e assim ele o invocará sempre, enquanto viver. Ah, como é bom ter Deus e dele depender e nele viver.
Tem tanta gente por aí, correndo de um lado para o outro, procurando a tal da felicidade que nunca parece existir por causa de tantas lutas que o povo enfrenta. Quando resolvem lutar limpo, os seus adversários jogam sujo e ele desanima. Quando usa as armas do adversário e também joga sujo para alcançar a tal da felicidade, ele se sente mal com isso por causa da lei interior no coração de todos os homens.
Tão melhor e bom se ele simplesmente temesse ao Senhor e nele confiasse. Este salmista não tem essa crise porque ele está acostumado com Deus e sabe que ele o ouve quando ele clama. “AS ORAÇÕES FAZEM AS COISAS ACONTECEREM QUE SE NÃO ORÁSSEMOS, ELAS NÃO ACONTECERIAM”, diz John Piper, teólogo puritano e pastor nos EUA.
Este salmista é Davi, aquele que contém a semente messiânica, cuja linhagem está sendo preservada até a chegada do Messias e que Satanás está perseguindo para por um fim a ele e aos planos de Deus, como se isso fosse possível.
Ele, então passa a relatar os laços de morte que o cercaram, e as angustias que viveu, mas em momento algum ele desanimou e se desesperou porque sua confiança estava firmada no Senhor e dele esperava o socorro, na hora certa e oportuna.
Também é certo que presenciou a morte de homens bons e justos vitimados pela violência e pela injustiça, principalmente quando reflete, pelo Espírito de Deus, de que preciosa é a morte do justo para o Senhor. A gente pensa que é o fim, mas não é. Deus tem preparado para esses algo que somente saberemos em nossa chegada ao final desta nossa caminhada.
O comentário de Calvino, na sua introdução, faz uma breve explicação deste salmo de Davi que suportou tanto amargor, mas que foi preservado por Deus em toda circunstância.
Davi, sendo libertado de grandes perigos, relata o tormento cruel e a angústia de mente que ele suportou, e então, explica como ele foi preservado por Deus. O estado desesperado de assuntos com ele tendia a tornar o poder de Deus em sua preservação mais notável; pois se Deus não tivesse interposto sua libertação, toda esperança teria falhado. Desta forma, ele se agita com gratidão e reconhece que ele não pode fazer nenhum outro retorno para ele por seus inúmeros benefícios.
 Sl 116:1 Amo o SENHOR,
porque ele ouve
a minha voz e as minhas súplicas.
Sl 116:2 Porque
inclinou para mim os seus ouvidos,
invocá-lo-ei enquanto eu viver.
Sl 116:3 Laços de morte me cercaram,
e angústias do inferno se apoderaram de mim;
caí em tribulação e tristeza.
Sl 116:4 Então,
invoquei o nome do SENHOR:
ó SENHOR,
livra-me a alma.
Sl 116:5 Compassivo e justo é o SENHOR;
o nosso Deus é misericordioso.
Sl 116:6 O SENHOR vela pelos simples;
achava-me prostrado,
e ele me salvou.
Sl 116:7 Volta,
minha alma,
ao teu sossego,
pois o SENHOR tem sido generoso para contigo.
Sl 116:8 Pois livraste da morte
a minha alma,
das lágrimas,
os meus olhos,
da queda,
os meus pés.
Sl 116:9 Andarei na presença do SENHOR,
na terra dos viventes.
Sl 116:10 Eu cria,
ainda que disse:
estive sobremodo aflito.
Sl 116:11 Eu disse na minha perturbação:
todo homem é mentiroso.
Sl 116:12 Que darei ao SENHOR
por todos os seus benefícios para comigo?
Sl 116:13 Tomarei o cálice da salvação
e invocarei o nome do SENHOR.
Sl 116:14 Cumprirei os meus votos ao SENHOR,
na presença de todo o seu povo.
Sl 116:15 Preciosa é aos olhos do SENHOR
a morte dos seus santos.
Sl 116:16 SENHOR,
deveras sou teu servo,
teu servo, filho da tua serva;
quebraste as minhas cadeias.
Sl 116:17 Oferecer-te-ei
sacrifícios de ações de graças
e invocarei o nome do SENHOR.
Sl 116:18 Cumprirei os meus votos ao SENHOR,
na presença de todo o seu povo,
Sl 116:19 nos átrios da Casa do SENHOR,
no meio de ti, ó Jerusalém. Aleluia!

Davi encerra o salmo de forma como sempre fez com palavras de esperanças e de vitórias que no fim se chegariam a ele, por isso que ele está a oferecer sacrifícios de ações de graças, por isso que ele está invocando o Senhor, por isso que ele está cumprindo seus votos na presença de todo o povo. E, você, tem a certeza de que Deus para contigo é bom e graciosos também?
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.