quinta-feira, 25 de abril de 2013

Salmo 98: 1-9 - O SENHOR DA JUSTIÇA

O salmista está nos pedindo para cantarmos ao Senhor um cântico novo porque ele tem feito maravilhas. O homem perdido não podia se salvar e ia para o abismo, mas Deus com sua destra e seu braço forte nos preparou uma grande vitória.
Foi ele quem fez notória a nossa salvação e que manifestou a sua justiça perante os olhos de todas as nações, Jesus Cristo, justiça nossa! Assim, lembrou-se da sua misericórdia e da sua fidelidade para não somente com a casa de Israel, mas com todos os crentes de todas as nações em todos os tempos.
Agora o Espírito Santo está nos convidando para sairmos de onde estamos, abandonarmos todas as nossas idiossincrasias, tolices e meninices e nos voltarmos a Deus em grande gozo, alegria, entusiasmo. Ele nos deu a salvação por meio de seu único filho Jesus Cristo.
Estamos salvos, libertos, temos a vida eterna pela frente e haveremos de nos gastar com preocupações do nosso cotidiano? Vejam os verbos no imperativo sendo direcionados ao ouvinte da palavra de Deus: aclamai, regozijai-vos, cantai, exultai.
Ele não somente convida os homens, mas a própria natureza e os anjos e toda a criação para celebrarem ao seu nome. Será que conseguimos cantar em meio a tempestade que vier porque já está se aproximando a nossa hora em que céus e terra irão testemunhar a revelação da glória e dos filhos de Deus?
Ele reina! Assim diz o salmo presente no verso 6. Se ele reina o que está fora de controle ou que ele não saiba e não conheça? Pode alguma coisa estragar a grande festa e alegria em nossos corações? A morte pode isso? O infortúnio, as decepções desta vida ou qualquer tragédia? Nada pode roubar de nós a grande salvação que Deus nos deu.
É como diz o apóstolo em 2 Co 4:17 quando chama de leve e momentânea a nossa presente tribulação que é capaz de produzir em nós eterno peso de glória, acima de toda comparação! Reparem! No presente: leve e momentânea tribulação. Do que elas são capazes? De produzir em nós: eterno peso de glória!
Ou seja, as nossas leves e momentâneas tribulações são capazes de produzir em nós, na eternidade, um eterno peso de glória! Por isso que ele conclui a frase dizendo “acima de qualquer comparação”. Glórias a Deus! Aleluias!
II Coríntios 4:16 Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia.
II Coríntios 4:17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação,
II Coríntios 4:18 não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.
Calvino comenta todos os salmos e na sua introdução ele também comenta este salmo no qual Deus chama todos os homens a magnificar o seu nome.
Este salmo tem uma ótima semelhança com o nonagésimo sexto, não só na matéria, mas também na linguagem. O grande alcance disso é mostrar que a glória de Deus seria ilustrada de forma majestosa na disseminação do conhecimento de seu nome em todo o mundo, tanto da realização mais ampla que seria dada à manifestação do Salvador, às promessas feito para a posteridade de Abraão, e da repentina extensão da salvação a todas as partes da terra. Ele chama os homens a ampliarem o nome de Deus nesta conta.
Sl 98:1 Cantai ao SENHOR
um cântico novo,
porque ele tem feito maravilhas;
a sua destra e o seu braço santo
lhe alcançaram a vitória.
Sl 98:2 O SENHOR
fez notória a sua salvação;
manifestou
a sua justiça perante os olhos das nações.
Sl 98:3 Lembrou-se
da sua misericórdia
e da sua fidelidade
para com a casa de Israel;
todos os confins da terra viram a salvação do nosso Deus.
Sl 98:4 Celebrai com júbilo ao SENHOR,
todos os confins da terra;
aclamai,
regozijai-vos
e cantai louvores.
Sl 98:5 Cantai
com harpa louvores ao SENHOR,
com harpa
e voz de canto;
Sl 98:6 com trombetas
e ao som de buzinas,
exultai perante o SENHOR,
que é rei.
Sl 98:7 Ruja o mar
e a sua plenitude,
o mundo
e os que nele habitam.
Sl 98:8 Os rios
batam palmas,
e juntos
cantem de júbilo
os montes,
Sl 98:9 na presença do SENHOR,
porque ele vem julgar a terra;
julgará o mundo
com justiça
e os povos,
com equidade.

Aí está por vir o Senhor e Salvador dos homens. Ele vem nos levar e também vem julgar a terra e o mundo com justiça e todos os povos com equidade. Está chegando a hora igreja do grande despertamento da vinda do Senhor. Maranata!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.