domingo, 21 de abril de 2013

Salmo 94: 1-23 segmentado



É anunciada neste salmo a morte dos ímpios. Por enquanto podem até prosperar devido a graça de Deus lhes dando chances de arrependimento que se converterão em juízo maior ainda. A cada graça rechaçada, maior será sobre o ímpio o juízo divino.
Por isso que o salmista começa clamando por vingança! Ele mesmo não se vingará, embora esteja com vontade, mas isso, seria perverter o direito e abusar da graça divina. Eu tenho vontade de me vingar com minhas próprias mãos diante da injustiça, mas sei não ser o caminho de Deus a vingança.
Por isso entrego tudo a Deus e ele, sim, me vinga! Você já teve a certeza de que Deus é contigo e de que ele mesmo tomou as suas dores em determinado momento? Eu já tive e achei incrível. Veja como foi que se encontra narrado no link:
Um dia desses, há uns 5 anos [em 2004] ou mais, estava eu de viagem de serviço em Belo Horizonte e meus colegas sempre me convidavam para sair e eu nunca saia com eles, preferindo ficar em meus aposentos. Nesse dia, em especial, resolvi sair com eles. Estava tudo bem e realmente nos divertíamos, mas queriam continuar e programaram ir para um apartamento de uma das colegas que ali estavam para ouvirem um som, dançarem, baterem papo, tomarem uns drinquezinhos, etc... Eu lhes disse que para mim já estava bom e gostaria que me deixassem, no caminho, no hotel.
Para minha surpresa, não gostaram de meu comportamento e uma das colegas ali soltou: "passarinho que anda com morcego, anda nas trevas e dorme de cabeça para baixo". Aquela frase, dita daquela maneira, naquela hora, por quem eu menos esperava, atingiu-me em cheio e quase me nocalteou. Fiquei pasmo, assustado e arrependido (confesso que tive vontade de correr dali, em desespero). Entramos no carro de nosso amigo e em um dado momento paramos e o motorista me disse: desça, ali tem um ponto de táxi, apanhe um e vá para o hotel. Eu desci meio sem graça, com cara de bobão, meio meninão quase que chorando, pois aquilo foi de uma tamanha grosseria e descaso, desrespeito e afronta. Dei adeus para eles e arrancaram, virando uma esquina.
Eu, lembrei-me daquela canção: "eu te louvarei Senhor de todo o meu coração; na presença dos anjos a ti cantarei louvores". E fui cantando. Aproveite e orei por todos eles pedindo que a graça e o amor de Deus os acompanhasse para que nenhum mal lhes sobreviessem. Ao invés de táxi, pequei um ônibus e de boca em boca fui perguntado a um e outro até que consegui chegar em paz no hotel. Fui para meu AP e continuei a orar, louvar e fui dormir.
No dia seguinte, aquele motorista vem correndo em minha direção e me disse: - rapaz, qual é o teu Deus? Meu amigo, estou assustado, quem é que te dá proteção? Quero te pedir perdão!. Eu, sem entender nada, disse-lhe; - o que foi que aconteceu? Juro que nada fiz!. Ai, ele me explicou que mal andara uns 300m e o seu carro parou de repente, do nada. Carro novo, retirado de Concessionária, potente e com tudo em ordem. Tentaram de tudo para fazerem o carro andar e nada. Teve que ser rebocado e a promessa é de que somente dentro de uma semana poderia ser liberado. A festinha particular naquele AP? teve de ser cancelada e cada um foi para sua casa de táxi....
Eu entendi tudo. Em silêncio e sem dizer nadinha, curti aquilo com um sabor de vitória. Senhor, disse, tomaste as minhas dores e lhes aplicastes um corretivo? É assim que Deus age. Ele toma as nossas dores e ai daqueles que ousarem a nos molestar. Deus nos proteje e ainda zela por nós com ciúmes. Senti a proteção de Deus, seu cuidado. Não me senti nada digno, mas protegido. Aleluias!
Hoje, essa minha amiga que falou-me aquela frase dura do passarinho e do morcego é uma das leitoras mais assíduas desse meu blog. Ela hoje é muito usada por Deus e já lhe disse que se buscar mais, mais ainda será usada. O motorista, um amigão meu. Aprendemos a nos respeitar e a orarmos uns pelos outros. Deus é muito bom. A Deus toda a glória!
Calvino apenas comenta, na introdução, superficialmente e explica as razões de ser de Deus como justo juiz.
The Psalmist implores Divine assistance against wicked and violent men, who persecuted the upright in a cruel and tyrannical manner. It is evident that he refers to domestic foes, whose unrighteous domination was as vexatious and oppressive to the Lord's people, as all the injuries received from the Gentile nations without.
Sl 94:1 Ó SENHOR,
Deus das vinganças,
ó Deus das vinganças,
resplandece.
Sl 94:2 Exalta-te,
ó juiz da terra;
dá o pago
aos soberbos.
Sl 94:3 Até quando,
SENHOR,
os perversos,
até quando
exultarão
os perversos?
Sl 94:4 Proferem impiedades
e falam coisas duras;
vangloriam-se
os que praticam a iniqüidade.
Sl 94:5 Esmagam o teu povo,
SENHOR,
e oprimem a tua herança.
Sl 94:6 Matam
a viúva e o estrangeiro
e aos órfãos
assassinam.
Sl 94:7 E dizem:
O SENHOR não o vê;
nem disso faz caso
o Deus de Jacó.
Sl 94:8 Atendei,
ó estúpidos dentre o povo;
e vós,
insensatos,
quando sereis prudentes?
Sl 94:9 O que fez o ouvido,
acaso, não ouvirá?
E o que formou os olhos
será que não enxerga?
Sl 94:10 Porventura,
quem repreende as nações
não há de punir?
Aquele
que aos homens dá conhecimento
não tem sabedoria?
Sl 94:11 O SENHOR
conhece os pensamentos do homem,
que são pensamentos vãos.
Sl 94:12 Bem-aventurado
o homem, SENHOR,
a quem tu repreendes,
a quem ensinas a tua lei,
Sl 94:13 para lhe dares descanso dos dias maus,
até que se abra a cova para o ímpio.
Sl 94:14 Pois o SENHOR
não há de rejeitar o seu povo,
nem desamparar a sua herança.
Sl 94:15 Mas o juízo
se converterá em justiça,
e segui-la-ão
todos os de coração reto.
Sl 94:16 Quem se levantará a meu favor,
contra os perversos?
Quem estará comigo
contra os que praticam a iniqüidade?
Sl 94:17 Se não fora o auxílio do SENHOR,
já a minha alma estaria na região do silêncio.
Sl 94:18 Quando eu digo:
resvala-me o pé,
a tua benignidade, SENHOR,
me sustém.
Sl 94:19 Nos muitos cuidados
que dentro de mim se multiplicam,
as tuas consolações
me alegram a alma.
Sl 94:20 Pode, acaso,
associar-se contigo o trono da iniqüidade,
o qual forja o mal,
tendo uma lei por pretexto?
Sl 94:21 Ajuntam-se contra a vida do justo
e condenam o sangue inocente.
Sl 94:22 Mas o SENHOR
é o meu baluarte
e o meu Deus,
o rochedo
em que me abrigo.
Sl 94:23 Sobre eles
faz recair a sua iniqüidade
e pela malícia deles próprios
os destruirá;
o SENHOR,
nosso Deus,
os exterminará.
O fim dos ímpios é anunciado, logo eles serão exterminados. A sensatez nos diria para sairmos de caminhos assim escorregadios e nos voltarmos a Deus enquanto há tempo para isso!
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 7 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 21/04/2013) e 417 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.