sábado, 27 de abril de 2013

Salmo 100: 1-5 - SALMO DE AÇÕES DE GRAÇA – HINO DE INGRESSO AO TEMPLO

Russel Shedd nos diz que o Salmo 100, embora breve (somente tem 5 versículos) é a coroa dos pensamentos dos salmos 95 a 99. vejamos:


1. Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras.
O Sl 97 mostra a adoração que a natureza presta a Deus.
Veja isso na frase “todas as terras”.
2. Servi ao SENHOR com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico.
O Sl 96 nos convida a tributar glória a Deus com cânticos.
3. Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele quem nos fez, e dele somos; somos o seu povo e rebanho do seu pastoreio.
O Sl 95 mostra que Deus fez o universo, mas também que é nosso pastor que nos guia pela mão.
4. Entrai por suas portas com ações de graças e nos seus átrios, com hinos de louvor; rendei-lhe graças e bendizei-lhe o nome.
O Sl 99  mostra que Israel é quem o adora e a ele obedece.
Quem é hoje o verdadeiro Israel de Deus?
5. Porque o SENHOR é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade.
O Sl 98  mostra que Deus se manifestou a Israel.

Como devemos estar diante dele e adorá-lo quando entrarmos em seu templo?

-      Com júbilo, vs. 1 - Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras.
-      Com alegria e com cântico, vs. 2 - Servi ao SENHOR com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico.

Observação:
Reparem, meus queridos, a ênfase da palavra de Deus: “júbilo”, “alegria”, “cântico”.  Quem está na presença de Deus tem de ter e estar jubiloso (ter grande alegria), alegre e cantarolando. A alegria do Senhor é a nossa força! Porque será que Deus enfatiza o júbilo, a alegria e o cântico? É porque ele está cuidando de tudo, de todas as coisas.
Não existe o acaso quando nosso Deus está no caso.
Não foi por acaso que Deus nos está dando esta oportunidade hoje. Nada acontece por acaso! Em tudo e em todas as coisas o nosso Deus é um Deus de propósitos, inteligente, que sabe o que faz e o que permite. Você deve confiar!

-      Sabendo que que ele é Deus, Criador, que somos seu povo e seu rebanho, vs. 3 - Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele quem nos fez, e dele somos; somos o seu povo e rebanho do seu pastoreio.

Observação:
No versículo central, o que encontramos?
As seguintes afirmativas:
a)     O Senhor é Deus.
b)     Ele é o criador de todas as coisas e por isso, nos fez.
c)     Ele nos fez para sermos dele.
d)     Ele nos fez para sermos seu povo.
e)     Ele nos fez rebanho de seu pastoreio.
Calvino comenta na sua introdução este belo salmo que é um convite aos crentes para louvarem a Deus.
O título deste salmo pode servir para um resumo de seus conteúdos. Além disso, sua brevidade torna desnecessário um discurso alongado. O salmista, de maneira especial, convida os fiéis a louvarem a Deus, porque os escolheu para ser seu povo, e os tomou sob seus cuidados.
Sl 100:1 Celebrai
com júbilo ao SENHOR,
todas as terras.
Sl 100:2 Servi ao SENHOR
com alegria,
apresentai-vos diante dele
com cântico.
Sl 100:3 Sabei que o SENHOR é Deus;
foi ele quem nos fez,
e dele somos;
somos
o seu povo
e rebanho do seu pastoreio.
Sl 100:4 Entrai por suas portas
com ações de graças
e nos seus átrios,
com hinos de louvor;
rendei-lhe graças
e bendizei-lhe o nome.
Sl 100:5 Porque
o SENHOR é bom,
a sua misericórdia
dura para sempre,
e, de geração em geração,
a sua fidelidade.
Eu já preguei sobre o Salmo 100 no Dia Nacional de Ação de Graças, na Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga[1].
Apenas quero ressaltar no dia de hoje que no verso 4, deste Salmo 100, Deus nos diz para entrarmos por suas portas com AÇÕES DE GRAÇAS. Logo, como é que devemos entrar em sua presença e andar com ele, se não por meio da gratidão? Se deixarmos a gratidão do lado de fora e entrarmos com a murmuração, seremos expulsos de sua presença! Também em seus átrios com hinos de louvor rendendo graças a ele que nos fez, nos sustenta e nos mantém e,ainda, bendizendo ao seu nome.
O salmista fecha o salmo com as afirmativas da divindade relacionadas à sua bondade, misericórdia e fidelidade, de geração à geração. Quando estamos buscando essas coisas o ser bom, o ter misericórdia e o ser fiel, em meio a uma geração doente e carente, estamos sendo instrumentos de Deus alcançados pela sua poderosa graça.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.