terça-feira, 26 de março de 2013

Salmo 68: 1-35 segmentado


Quem sou eu para comentar um salmo tão fantástico e impressionante como este. Davi fez este salmos em alegria e por causa da vitória que Deus lhe deu sobre os seus inimigos. Agora ele é rei e reconhece a Deus conduzindo o seu povo, por seu intermédio, como outrora Deus sempre fez e sempre fará.
Deus separou um povo escolhido para ele mesmo e este povo é a sua igreja que hoje não mais ocupa uma nação específica, mas em todas as nações encontraremos aqueles que são cristãos e que se reúnem para a sua glória e louvor. Por meio da igreja, hoje Deus fala ao mundo. A igreja, no entanto, não são os seus templos ostentosos, mas seu povo temente a Deus que ainda insiste em andar com Deus.
No verso 11 deste salmo, estamos nós, anunciados por Davi, anunciados pelo Espírito Santo, a proclamarmos a todas as nações em todos os reinos a palavra das boas novas, a mensagem de salvação que Cristo deu a sua igreja. Nós temos uma missão maravilhosa a cumprirmos, como podemos perder tempo com aquilo que não é pão nem satisfaz?
No comentário de Calvino, na sua introdução, ele diz que o salmo foi feito para celebrar as vitórias as quais, através de Deus, Davi tem ganhado sobre os seus inimigos. Agora que ele foi feito rei, deduz-se, em paralelo, que a Igreja foi levada a uma condição estabelecida, e que Deus, que parecia ter partido, agora finalmente ergue o seu trono, como se fosse reinar, e de fato reina, no meio de tudo isso. Foi Deus quem projetou a igreja para representar a glória de Deus depois de ser manifestada em Cristo.
In this psalm it was David's design to celebrate the victories which, through the blessing of God, he had gained over his enemies; [6] but, in the opening verses, he commends the power and goodness of God generally, as seen in the government of the world at large. From this he passes to the consideration of what God had done in redeeming his chosen people, and of the continued proofs of fatherly care which he had manifested to the posterity of Abraham. He then proceeds to the subject which he had more particularly in view, prosecuting it at length, and in terms of the most exalted description; praising the signal display of Divine power which he, and the whole nation with him, had experienced. Now that he had been made king, he infers that the Church was brought to a settled condition, and that God, who seemed to have departed, would now at length erect his throne, as it were, in the midst of it, and reign. In this it would evidently appear, that he designed, typically, to represent the glory of God afterwards to be manifested in Christ.
To the chief musician. A psalm or song of David.
Sl 68:1 Levanta-se Deus;
dispersam-se os seus inimigos;
de sua presença fogem os que o aborrecem.
Sl  68:2 Como se dissipa a fumaça,
assim tu os dispersas;
como se derrete a cera ante o fogo,
assim à presença de Deus perecem os iníquos.
Sl  68:3 Os justos, porém,
se regozijam, exultam na presença de Deus
e folgam de alegria.
Sl  68:4 Cantai a Deus,
salmodiai o seu nome;
exaltai o que cavalga sobre as nuvens.
SENHOR é o seu nome,
exultai diante dele.
Sl  68:5 Pai dos órfãos
e juiz das viúvas
é Deus em sua santa morada.
Sl  68:6 Deus faz que o solitário
more em família;
tira os cativos para a prosperidade;
só os rebeldes habitam em terra estéril.
Sl  68:7 Ao saíres,
ó Deus,
à frente do teu povo,
ao avançares
pelo deserto,
Sl  68:8 tremeu a terra;
também os céus gotejaram à presença de Deus;
o próprio Sinai se abalou na presença de Deus,
do Deus de Israel.
Sl  68:9 Copiosa chuva derramaste,
ó Deus,
para a tua herança;
quando já ela estava exausta,
tu a restabeleceste.
Sl  68:10 Aí habitou a tua grei;
em tua bondade,
ó Deus,
fizeste provisão para os necessitados.
Sl  68:11 O Senhor deu a palavra,
grande é a falange das mensageiras das boas-novas.
Sl  68:12 Reis de exércitos fogem e fogem;
a dona de casa reparte os despojos.
Sl  68:13 Por que repousais entre as cercas dos apriscos?
As asas da pomba são cobertas de prata,
cujas penas maiores têm o brilho flavo do ouro.
Sl  68:14 Quando o Todo-Poderoso ali dispersa os reis,
cai neve sobre o monte Zalmom.
Sl  68:15 O monte de Deus é Basã,
serra de elevações é o monte de Basã.
Sl  68:16 Por que olhais com inveja,
ó montes elevados,
o monte que Deus escolheu para sua habitação?
O SENHOR habitará nele para sempre.
Sl  68:17 Os carros de Deus são vinte mil,
sim, milhares de milhares.
No meio deles, está o Senhor;
o Sinai tornou-se em santuário.
Sl  68:18 Subiste às alturas,
levaste cativo o cativeiro;
recebeste homens por dádivas,
até mesmo rebeldes,
para que o SENHOR Deus habite no meio deles.
Sl  68:19 Bendito seja o Senhor
que, dia a dia,
leva o nosso fardo!
Deus é a nossa salvação.
Sl  68:20 O nosso Deus
é o Deus libertador;
com Deus,
o SENHOR,
está o escaparmos da morte.
Sl  68:21 Sim,
Deus parte a cabeça dos seus inimigos
e o cabeludo crânio do que anda nos seus próprios delitos.
Sl  68:22 Disse o Senhor:
De Basã os farei voltar,
fá-los-ei tornar das profundezas do mar,
Sl  68:23 para que banhes o pé em sangue,
e a língua dos teus cães tenha o seu quinhão dos inimigos.
Sl  68:24 Viu-se,
ó Deus,
o teu cortejo,
o cortejo do meu Deus,
do meu Rei,
no santuário.
Sl  68:25 Os cantores iam adiante,
atrás, os tocadores de instrumentos de cordas,
em meio às donzelas com adufes.
Sl  68:26 Bendizei a Deus nas congregações,
bendizei ao SENHOR,
vós que sois da estirpe de Israel.
Sl  68:27 Ali, está o mais novo,
Benjamim,
que os precede, os príncipes de Judá,
com o seu séquito,
os príncipes de Zebulom
e os príncipes de Naftali.
Sl  68:28 Reúne,
ó Deus,
a tua força,
força divina que usaste a nosso favor,
Sl  68:29 oriunda do teu templo em Jerusalém.
Os reis te oferecerão presentes.
Sl  68:30 Reprime a fera dos canaviais,
a multidão dos fortes como touros e dos povos com novilhos;
calcai aos pés os que cobiçam barras de prata.
Dispersa os povos que se comprazem na guerra.
Sl  68:31 Príncipes vêm do Egito;
a Etiópia corre a estender mãos cheias para Deus.
Sl  68:32 Reinos da terra,
cantai a Deus,
salmodiai ao Senhor,
Sl  68:33 àquele que encima os céus,
os céus da antiguidade;
eis que ele faz ouvir a sua voz, voz poderosa.
Sl  68:34 Tributai glória a Deus;
a sua majestade está sobre Israel,
e a sua fortaleza,
nos espaços siderais.
Sl  68:35 Ó Deus,
tu és tremendo nos teus santuários;
o Deus de Israel,
ele dá força
e poder ao povo.
Bendito seja Deus!
Quisera eu ter mais tempo que o que agora possuo para mergulhar com mais profundidade nessas águas deliciosas deste belo salmo de Davi que fala do reino, do rei, da igreja, de Cristo e dos que anunciam as boas novas: eu e você!
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 33 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 26/03/2013) e 443 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.