terça-feira, 19 de março de 2013

Salmo 61: 1-8 - AO DEUS QUE POR MIM TUDO EXECUTA...

Outro dos salmos de Davi no qual ele começa invocando o seu Deus que por ele tudo executa. Ele exclama com veemência não dando ordens a Deus mas entendendo que ele o escuta e o atenderá logo.
Ouve ó Deus é a minha oração também! Este é um início de oração de quem sabe que suas orações estão sendo ouvidas por quem tem de ouvi-las e a resposta é certa. A alma que clama deve ter certeza de que Deus a ouve. Eu sei que Deus ouve as minhas orações, apesar de mim.
Apesar de mim, Senhor, ouve as minhas orações! Depois, ele logo completa com “atende a minha oração”. Primeiro, Senhor, ouve, depois atende. Porquê? Ele explica que desde os confins da terra ele tem clamado por ele no abatimento do seu coração.
Percebe-se que está angustiado e aflito e pede que Deus o leve à Rocha! Jesus Cristo é a rocha! Em seguida após adorar o seu Deus, neste salmo, ele já diz que Deus já o ouviu. Eu quero orar como Davi orava! Cada vez mais que me dedico a segmentar e a comentar os salmos, eu fico encantado com essa pessoa que tinha um coração que era segundo o seu Deus.
Calvino faz um comentário sobre este salmo em sua introdução explicando os motivos de sua confecção e sempre apontando para Deus, o autor de toda a vida.
Este salmo começa com a oração, ou, pelo menos, com o breve registro de uma oração, que Davi preferiu a Deus em uma estação de profunda angústia. No entanto, está ocupado principalmente com os louvores de Deus, expressando sua gratidão por uma libertação milagrosa que ele experimentou de algum perigo iminente e por seu estabelecimento no trono.
Ao músico chefe sobre Neginoth, um salmo de David ...
Sl 61:1 Ouve,
ó Deus,
a minha súplica;
atende
à minha oração.
Sl 61:2 Desde os confins da terra
clamo por ti,
no abatimento do meu coração.
Leva-me para a rocha
que é alta demais para mim;
Sl 61:3 pois tu me tens sido refúgio
e torre forte contra o inimigo.
Sl 61:4 Assista eu no teu tabernáculo,
para sempre;
no esconderijo das tuas asas,
eu me abrigo.
Sl 61:5 Pois ouviste, ó Deus,
os meus votos
e me deste a herança dos que temem
o teu nome.
Sl 61:6 Dias sobre dias
acrescentas ao rei;
duram os seus anos gerações após gerações.
Sl 61:7 Permaneça para sempre
diante de Deus;
concede-lhe
que a bondade e a fidelidade o preservem.
Sl 61:8 Assim, salmodiarei o teu nome para sempre,
para cumprir, dia após dia, os meus votos.

Sempre, aprenderemos com Davi, suas orações eram encerradas exaltando a Deus e proclamando as suas maravilhas. Ele conclui com o verbo no futuro do presente dizendo salmodiarei... e você, leitor: salmodiará também o seu nome para sempre, para cumprir, dia após dia, os seus votos! Espero que sim!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete  
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.