sexta-feira, 15 de março de 2013

Salmo 57: 1-11 segmentado


Salmo de Davi feito quando fugia da perseguição cruel e implacável de Saul quando estava na caverna. Calvino o divide em duas partes, sendo a primeira um momento de extravasamento de Davi como era de seu costume diante de Deus e a segunda expressando sua confiança e tendo a expectativa de seu livramento daquela situação complicada.
Davi clama ao Deus Altíssimo, como ele mesmo diz, ao Deus que por ele tudo executa. Sim, Deus por nós tudo executa. Davi sabia disso e por isso confiava em seu Deus e jamais precipitou-se em comportamentos errados por causa das promessas de Deus que havia em sua vida.
A oração de Davi nos salmos que ele compôs refletem o relacionamento que ele tinha com o Espírito Santo. Apesar de Deus ser espírito e invisível aos nossos olhos e ouvidos, Davi caminhava sempre lado a lado com ele. Isso fazia toda a diferença em sua vida e não o deixava jamais se desesperar, mas esperar em Deus com calma.
Calvino em seu comentário, na introdução vai contextualizar o feitura deste salmo e nos dar mais informações sobre ele.
This psalm consists of two parts. In the first, David gives expression to the anxiety which he felt, imploring Divine assistance against Saul and his other enemies. In the second, he proceeds upon the confident expectation of deliverance, and stirs up his soul to the exercise of praise.
To the chief musician, Al-tascheth, [335] Michtam of David, when he fled from the face of Saul in the cave.
We are left entirely to conjecture as to the meaning of the word Michtam; and equal uncertainty prevails among interpreters regarding the reason of the inscription given to the psalm, Al-tascheth, i.e., destroy not. Some are of opinion that this formed the commencement of a song well known at the time; others take it to be an expression uttered by David in the desperate exigency to which he was reduced, O God! destroy me not Others conceive that the word is inscribed upon the psalm in praise of the high principle shown by David when he prevented Abishai from slaying Saul, and are confirmed in their opinion by the fact, that this is the very expression which the inspired historian represents him as having used, (1 Samuel 26:9.) But as the prayers which follow must have been offered up before he gave any such injunction to Abishai, this explanation is not satisfactory; and we are left to adopt one or other of the two former suppositions, either that the psalm was composed to the air of some song generally known at the time, or that the word expresses a brief prayer, which David notes down as having been uttered in memorable circumstances, and in circumstances of great danger.
Sl 57:1 Tem misericórdia de mim,
ó Deus,
tem misericórdia,
pois em ti a minha alma se refugia;
à sombra das tuas asas me abrigo,
até que passem as calamidades.
Sl 57:2 Clamarei ao Deus Altíssimo,
ao Deus que por mim tudo executa.
Sl 57:3 Ele
dos céus me envia o seu auxílio e me livra;
cobre de vergonha os que me ferem.
Envia a sua misericórdia
e a sua fidelidade.
Sl 57:4 Acha-se a minha alma entre leões,
ávidos de devorar os filhos dos homens;
lanças e flechas são os seus dentes,
espada afiada, a sua língua.
Sl 57:5 Sê exaltado,
ó Deus,
acima dos céus;
e em toda a terra
esplenda a tua glória.
Sl 57:6 Armaram rede aos meus passos,
a minha alma está abatida;
abriram cova diante de mim,
mas eles mesmos caíram nela.
Sl 57:7 Firme está o meu coração,
ó Deus,
o meu coração está firme;
cantarei e entoarei louvores.
Sl 57:8 Desperta, ó minha alma!
Despertai, lira e harpa!
Quero acordar a alva.
Sl 57:9 Render-te-ei graças entre os povos;
cantar-te-ei louvores entre as nações.
Sl 57:10 Pois a tua misericórdia se eleva até aos céus,
e a tua fidelidade, até às nuvens.
Sl 57:11 Sê exaltado,
ó Deus,
acima dos céus;
e em toda a terra
esplenda a tua glória.
O vs 5 e o 11 se repetem neste salmo belíssimo desejando que o nome de Deus e sua glória sejam exaltados por toda a terra. Nós não vivemos para dar glória a Deus e se alegrar nele para sempre? A oportunidade que estamos tendo no dia de hoje não é para negociarmos, comprarmos, vendermos, etc... ainda que venhamos a fazer todas essas coisas e muito mais, mas é para glorificarmos o nome de Deus em todas essas situações.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 44 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 15/03/2013) e 454 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.