quarta-feira, 13 de março de 2013

Salmo 55: 1-13 - QUE OS TRAIDORES SEJAM DESTRUIDOS

https://img.heartlight.org/cards/g/psalm55_16-17new15.jpg
Outro salmo de Davi realizado quando de suas fugas de Saul que o perseguia injustamente. Ele está em contato com seu Deus e apresentando a sua oração e súplica àquele que poderia mudar todos esse quadro. Nas suas orações há fé e são exemplos para todos nós que nos angustiamos esperando nossa hora.
Tudo vem de Deus, meus queridos! Se ele nos poupa por algum motivo e se ele nos poupa muitas das vezes de nós mesmos e de nossas tolices, rendemos-lhe graças e quando não? Simplesmente não clamamos por sua misericórdia? Ele nos livra e ele nos deixa cair... reparem na oração do Pai Nosso: - não nos deixe cair em tentação...
Não estou culpando Deus porque isso seria insensatez muito grande. Por nossos atos tresloucados, seremos punidos diante da justiça dos homens e diante da justiça de Deus. Não há culpa em Deus pela minha liberdade (não estou falando de livre-arbítrio por que creio que mortos não tem livre-arbítrio - Spurgeon).
Então o que me cabe se tudo vem e é de Deus? Eu entendo assim e assim procuro viver. Meu esforço, sempre, é dar glórias a Deus e gozá-lo para sempre isso por que sou, devido a sua pura graça, um pequeno Cristo em formação. O meu sinal de que avancei demais e preciso recuar urgentemente é quando eu começo a ceder as tentações.
Por que começo a ceder? Porque em algum momento eu rejeitei o conhecimento de Deus e ele me entregou a mim mesmo. Se eu voltar-me para ele e rejeitar a rejeição dele, obviamente, ele me conduz novamente como sua ovelha de seu aprisco; do contrário, a palavra de Romanos do capítulo primeiro se cumprirá em minha vida.
O salmo também é messiânico pelas referências explicitas ao relacionamento de Cristo com Judas que o traiu.
Calvino em sua introdução deste salmo comenta a origem do salmo e fala dos sofrimentos de Davi e de sua persistência junto com Deus.
Muitos intérpretes pensaram que este salmo se referia à conspiração de Absalão, pela qual Davi foi levado do trono, e forçado a refugiar-se em circunstâncias de grande aflição no deserto. Mas parece que já foi escrito em um período em que ele foi reduzido a um perigo extremo pelas perseguições de Saul. É uma oração, expressiva do sofrimento mais profundo e cheia de fervor, exortando todas as considerações que poderiam ser supostamente requerer a compaixão de Deus. Depois de ter derramado suas dores e pronunciado seus pedidos, o salmista contempla a perspectiva da libertação e oferece ações de graças a Deus como se ele já tivesse obtido.
Para o músico chefe em Neginoth. Um salmo de David para instrução.
Sl 55:1 Dá ouvidos, ó Deus,
à minha oração;
não te escondas
da minha súplica.
Sl 55:2 Atende-me
e responde-me;
sinto-me perplexo em minha queixa
e ando perturbado,
Sl 55:3 por causa do clamor do inimigo
e da opressão do ímpio;
pois sobre mim lançam calamidade
e furiosamente me hostilizam.
Sl 55:4 Estremece-me no peito o coração,
terrores de morte me salteiam;
Sl 55:5 temor e tremor me sobrevêm,
e o horror se apodera de mim.
Sl 55:6 Então, disse eu:
quem me dera asas como de pomba!
Voaria e acharia pouso.
Sl 55:7 Eis que fugiria para longe
e ficaria no deserto.
Sl 55:8 Dar-me-ia pressa em abrigar-me
do vendaval e da procela.
Sl 55:9 Destrói, Senhor, e confunde
os seus conselhos,
porque vejo violência
e contenda na cidade.
Sl 55:10 Dia e noite giram nas suas muralhas,
e, muros a dentro,
campeia a perversidade e a malícia;
Sl 55:11 há destruição no meio dela;
das suas praças não se apartam a opressão e o engano.
Sl 55:12 Com efeito,
não é inimigo que me afronta;
se o fosse,
eu o suportaria;
nem é o que me odeia
quem se exalta contra mim,
pois dele eu me esconderia;
Sl 55:13 mas és tu,
homem meu igual,
meu companheiro
e meu íntimo amigo.
Sl 55:14 Juntos andávamos,
juntos nos entretínhamos
e íamos com a multidão à Casa de Deus.
Sl 55:15 A morte os assalte,
e vivos desçam à cova!
Porque há maldade nas suas moradas
e no seu íntimo.
Sl 55:16 Eu, porém,
invocarei a Deus,
e o SENHOR
me salvará.
Sl 55:17 À tarde,
pela manhã
e ao meio-dia,
farei as minhas queixas
e lamentarei;
e ele ouvirá a minha voz.
Sl 55:18 Livra-me a alma,
em paz,
dos que me perseguem;
pois são muitos contra mim.
Sl 55:19 Deus ouvirá e lhes responderá,
ele, que preside desde a eternidade,
porque não há neles mudança nenhuma,
e não temem a Deus.
Sl 55:20 Tal homem estendeu as mãos
contra os que tinham paz com ele;
corrompeu a sua aliança.
Sl 55:21 A sua boca era mais macia que a manteiga,
porém no coração havia guerra;
as suas palavras eram mais brandas que o azeite;
contudo, eram espadas desembainhadas.
Sl 55:22 Confia os teus cuidados ao SENHOR,
e ele te susterá;
jamais permitirá que o justo seja abalado.
Sl 55:23 Tu, porém, ó Deus,
os precipitarás à cova profunda;
homens sanguinários e fraudulentos
não chegarão à metade dos seus dias;
eu, todavia,
confiarei em ti.

Não foi Davi, mas o Espírito Santo por meio de Davi que trouxe a palavra de vitória para nós nesta manhã. É para confiarmos os nossos cuidados ao Senhor que ele nos susterá! Quanto aos ímpios, espera ainda mais um pouquinho por que em breve já não mais existirão.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.