sexta-feira, 8 de março de 2013

Salmo 50: 1-26 - UM CONVITE A OUVIR E A OBEDECER A VOZ DE DEUS

O Todo-Poderoso está falando por este salmo, mediante o Espírito Santo na vida de seu servo Asafe e conclamando toda a terra e seus habitantes a ouvirem a sua voz e a obedecerem ao Senhor e a ele render graças em tudo por que ele tem cuidado de nós.
Interessante eu estar segmentando hoje este salmo, pois ontem tive um dia difícil e confesso que entrei em meu santuário para orar munido de escopeta, metralhadora, bazuca, canhão, raio laser, espada, faca, punhal, granada, pedras e outras coisas. Um de meus santuários é o local onde costumeiramente passo cerca de 18% do dia, de segunda a sexta-feira, indo e vindo de meu trabalho. Isso mesmo, em meu carro!
Enquanto dirijo, gosto de ouvir a bíblia, canções, orar, conversar com Deus e com os anjos, ouvir livros, adorar, louvar a Deus. No entanto, ontem eu estava armado por causa de uma série indesejada de acontecimentos e pronto para “desabafar”... mas logo, logo, somente foi apertar o cinto de segurança que o Espírito Santo me tomou e colocou em minha boca a canção do salmo 42:11 e 43:5 “Por que te abates, ó minha alma? E te comoves, perdendo a calma? Não tenhas medo, em Deus espera, Porque bem cedo, Jesus virá.” (http://www.harpacrista.org/hino/193-a-alma-abatida/).
Em seguida, O Espírito ministrou em meu coração: Filho, se sou eu teu Deus, o que está te faltando? Não tenho eu cercado você com minha bondade e misericórdia? Não tenho eu te chamado para ser meu filho? Não tenho eu te colocado nesta terra para dares testemunho de mim e evangelizares os povos por meio de minha palavra? Não tenho eu....
Aí, eu pensei que seria melhor eu dar graças pelo que ele me tem dado e como cuida de mim em todo tempo do que ficar a reclamar e a murmurar pelo que ainda não tenho. Então, o Espírito Santo me deu um espírito de gratidão tão grande que até pelo ar para respirar eu louvava a Deus.
Mulher, seja agradecida diante de Deus neste dia por que o teu senhor é Deus forte que está contigo em todo tempo. Desarme-se das armas de guerra e coloque em teus lábios uma nova canção para o teu Deus e teu Senhor. Parabéns as minhas mulheres em especial: filha, esposa e mãe. Parabéns também a todas as mulheres! Meditem neste salmo e não somente se dediquem à oração como também às ações de graça.
Calvino comentou sobre este salmo, em sua introdução. Há muitos hipócritas e religiosos de aparência e de ritos que não tem o Espírito. O salmista mostra que a adoração a Deus é espiritual e baseada em duas partes, orações e ações de graça:
Sempre houve hipócritas na Igreja, homens que colocaram a religião em mera observância de cerimônias externas, e entre os judeus havia muitos que voltavam sua atenção inteiramente para as figuras da Lei, sem considerar a verdade que estava representada sob elas. Eles acreditavam que nada lhes fora exigido, mas somente seus sacrifícios e outros ritos. Este salmo ocupa-se com a repreensão deste erro grosseiro, e o profeta expõe em termos severos a desonra que é lançada sobre o nome de Deus ao confundir a cerimônia com a religião, mostrando que a adoração de Deus é espiritual e consiste em duas partes, oração e ação de graças.
Uma canção de Asaph.
O profeta levanta a ingratidão de tais pessoas para a nossa reprovação, como provando-se indigno da honra que lhes foi colocada, e se degradando por um uso degenerado deste mundo. Desse modo, vamos aprender que, se somos miseráveis ​​aqui, deve ser por culpa nossa; pois, se possamos discernir e melhorar adequadamente as muitas misericórdias que Deus nos concedeu, não queremos, nem mesmo na terra, um antegozo da bem-aventurança eterna. Deste modo, no entanto, estamos aumentando a nossa corrupção. Os perversos, mesmo na terra, têm uma preeminência sobre os animais do campo na razão e na inteligência, que formam parte da imagem de Deus; mas em referência ao fim que os espera, o profeta coloca ambos em um nível e declara que, sendo despojado de toda a sua vã glória, eles acabarão perecendo como os animais. Suas almas realmente sobreviverão, mas não é menos verdade que a morte os expedirá à desgraça eterna.
Sl 50:1 Fala o Poderoso,
o SENHOR Deus,
e chama a terra
desde o Levante até ao Poente.
Sl 50:2 Desde Sião,
excelência de formosura,
resplandece Deus.
Sl 50:3 Vem o nosso Deus
e não guarda silêncio;
perante ele arde um fogo devorador,
ao seu redor esbraveja grande tormenta.
Sl 50:4 Intima os céus lá em cima
e a terra, para julgar o seu povo.
Sl 50:5 Congregai os meus santos,
os que comigo fizeram aliança por meio de sacrifícios.
Sl 50:6 Os céus anunciam a sua justiça,
porque é o próprio Deus que julga.
Sl 50:7 Escuta, povo meu,
e eu falarei;
ó Israel,
e eu testemunharei contra ti.
Eu sou Deus, o teu Deus.
Sl 50:8 Não te repreendo pelos teus sacrifícios,
nem pelos teus holocaustos continuamente perante mim.
Sl 50:9 De tua casa não aceitarei novilhos,
nem bodes, dos teus apriscos.
Sl 50:10 Pois são meus todos os animais do bosque
e as alimárias aos milhares sobre as montanhas.
Sl 50:11 Conheço todas as aves dos montes,
e são meus todos os animais que pululam no campo.
Sl 50:12 Se eu tivesse fome,
não to diria,
pois o mundo é meu
e quanto nele se contém.
Sl 50:13 Acaso, como eu carne de touros?
Ou bebo sangue de cabritos?
Sl 50:14 Oferece a Deus sacrifício
de ações de graças
e cumpre os teus votos
para com o Altíssimo;
Sl 50:15 invoca-me no dia da angústia;
eu te livrarei,
e tu me glorificarás.
Sl 50:16 Mas ao ímpio diz Deus:
De que te serve repetires
os meus preceitos
e teres nos lábios a minha aliança,
Sl 50:17 uma vez que aborreces
a disciplina
e rejeitas
as minhas palavras?
Sl 50:18 Se vês um ladrão,
tu te comprazes nele
e aos adúlteros te associas.
Sl 50:19 Soltas a boca para o mal,
e a tua língua trama enganos.
Sl 50:20 Sentas-te para falar
contra teu irmão
e difamas o filho de tua mãe.
Sl 50:21 Tens feito estas coisas,
e eu me calei;
pensavas que eu era teu igual;
mas eu te argüirei
e porei tudo à tua vista.
Sl 50:22 Considerai, pois, nisto,
vós que vos esqueceis de Deus,
para que não vos despedace,
sem haver quem vos livre.
Sl 50:23 O que me oferece sacrifício de ações de graças,
esse me glorificará;
e ao que prepara o seu caminho,
dar-lhe-ei que veja a salvação de Deus.

Gostei muito deste salmo de Asafe e entendo que nossa vida não é nem consiste naquilo que fazemos embora parece principal o que fazemos. Por exemplo, o crente não é assaltado, antes vive uma circunstância que ele não quer, mas que ali é posto para glorificar a Deus diante daqueles homens maus. Crente não compra imóveis, mas ali está para dar testemunho da sua fé em Deus por meio de suas ações e palavras santas. O fato “ser assaltado” ou “comprar imóveis” é secundário, sendo o principal o glorificar a Deus. Entenderam? Se não, ainda continuarei a meditar nisso. 
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.