sábado, 23 de fevereiro de 2013

Salmo 37: 1-40 segmentado


Interessante este salmo de Davi bem característico de contraste entre os ímpios e os justos. A palavra é categórica e firme por que os ímpios serão exterminados da terra e os justos a herdarão.
O salmo primeiro que é a porta de abertura do livro de salmos também fala e contrasta ambos. A cada dia me convenço de que não é fácil não ser ímpio e ainda ter de passar a eternidade na companhia do diabo e de seus anjos. O melhor a se fazer é se voltar para Deus enquanto ainda dá tempo!
A melhor opção para o homem é a justiça e o temor a Deus por que as aventuras deste mundo e suas desventuras logo, logo irão passar e ai no final da vida, qual será o resultado ou a colheita disso, se não dores, lamentos e terrível expectativa.
Agora a expectativa dos justos é algo excepcional, mesmo extraordinária. Como estou lendo/ouvindo O SER DE DEUS E SUAS OBRAS – A providência e a sua realização histórica, de Heber Carlos de Campos, ed. Cultura Cristã, ontem, enquanto dirigia de volta de meu trabalho para casa, eu vinha meditando sobre o momento em que Deus vier e restaurar todas as coisas.
Vejam a introdução apenas do comentário de Calvino deste salmo:
This psalm, the title of which shows it to have been composed by David, contains most profitable instruction. Since the faithful, so long as they pursue their earthly pilgrimage through life, see things strangely confused in the world, unless they assuaged their grief with the hope of a better issue, their courage would soon fail them. The more boldly any man despises God, and runs to every excess in wickedness, so much the more happily he seems to live. And since prosperity appears to be a token of God's favor towards the ungodly, what conclusion, it may be said, can be drawn from this, but either that the world is governed by chance, and that fortune bears the sovereignty, or else that God makes no difference between the good and the bad? The Spirit of God accordingly confirms and strengthens us in this psalm against the assaults of such a temptation. However great the prosperity which the wicked enjoy for a time, he declares their felicity to be transient and evanescent, and that, therefore, they are miserable, while the happiness of which they boast is cursed; whereas the pious and devoted servants of God never cease to be happy, even in the midst of their greatest calamities, because God takes care of them, and at length comes to their aid in due season. This, indeed, is paradoxical, and wholly repugnant to human reason. For as good men often suffer extreme poverty, and languish long under many troubles, and are loaded with reproaches and wrongs, while the wicked and profligate triumph, and are regaled with pleasures, might we not suppose that God cares not for the things that are done on earth? It is on this account that, as I have already said, the doctrine of this psalm is so much the more profitable; because, withdrawing our thoughts from the present aspect of things, it enjoins us to confide in the providence of God, until he stretch forth his hand to help those who are his servants, and demand of the ungodly a strict account of their lives, as of thieves and robbers who have foully abused his bounty and paternal goodness.
A Psalm of David.
Sl 37:1 Não te indignes
por causa dos malfeitores,
nem tenhas inveja
dos que praticam a iniqüidade.
Sl 37:2 Pois eles dentro em breve definharão
como a relva e murcharão como a erva verde.
Sl 37:3 Confia no SENHOR
e faze o bem;
habita na terra
e alimenta-te da verdade.
Sl 37:4 Agrada-te do SENHOR,
e ele satisfará os desejos do teu coração.
Sl 37:5 Entrega o teu caminho ao SENHOR,
confia nele,
e o mais ele fará.
Sl 37:6 Fará sobressair a tua justiça
como a luz
e o teu direito,
como o sol ao meio-dia.
Sl 37:7 Descansa no SENHOR
e espera nele,
não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho,
por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios.
Sl 37:8 Deixa a ira,
abandona o furor;
não te impacientes;
certamente, isso acabará mal.
Sl 37:9 Porque os malfeitores serão exterminados,
mas os que esperam no SENHOR possuirão a terra.
Sl 37:10 Mais um pouco de tempo,
e já não existirá o ímpio;
procurarás o seu lugar
e não o acharás.
Sl 37:11 Mas os mansos
herdarão a terra
e se deleitarão na abundância de paz.
Sl 37:12 Trama o ímpio contra o justo
e contra ele ringe os dentes.
Sl 37:13 Rir-se-á dele o Senhor,
pois vê estar-se aproximando o seu dia.
Sl 37:14 Os ímpios arrancam da espada
e distendem o arco para abater o pobre e necessitado,
para matar os que trilham o reto caminho.
Sl 37:15 A sua espada, porém,
lhes traspassará o próprio coração,
e os seus arcos serão espedaçados.
Sl 37:16 Mais vale o pouco do justo
que a abundância de muitos ímpios.
Sl 37:17 Pois os braços dos ímpios
serão quebrados,
mas os justos,
o SENHOR os sustém.
Sl 37:18 O SENHOR conhece os dias dos íntegros;
a herança deles permanecerá para sempre.
Sl 37:19 Não serão envergonhados nos dias do mal
e nos dias da fome se fartarão.
Sl 37:20 Os ímpios, no entanto,
perecerão,
e os inimigos do SENHOR
serão como o viço das pastagens;
serão aniquilados
e se desfarão em fumaça.
Sl 37:21 O ímpio
pede emprestado e não paga;
o justo,
porém, se compadece e dá.
Sl 37:22 Aqueles a quem o SENHOR abençoa
possuirão a terra;
e serão exterminados aqueles a quem amaldiçoa.
Sl 37:23 O SENHOR firma os passos do homem bom
e no seu caminho se compraz;
Sl 37:24 se cair,
não ficará prostrado,
porque o SENHOR o segura pela mão.
Sl 37:25 Fui moço e já, agora, sou velho,
porém jamais vi o justo desamparado,
nem a sua descendência a mendigar o pão.
Sl 37:26 É sempre compassivo
e empresta,
e a sua descendência
será uma bênção.
Sl 37:27 Aparta-te do mal
e faze o bem,
e será perpétua a tua morada.
Sl 37:28 Pois o SENHOR ama a justiça
e não desampara os seus santos;
serão preservados para sempre,
mas a descendência dos ímpios
será exterminada.
Sl 37:29 Os justos herdarão a terra
e nela habitarão para sempre.
Sl 37:30 A boca do justo
profere a sabedoria,
e a sua língua
fala o que é justo.
Sl 37:31 No coração,
tem ele a lei do seu Deus;
os seus passos não vacilarão.
Sl 37:32 O perverso espreita ao justo
e procura tirar-lhe a vida.
Sl 37:33 Mas o SENHOR não o deixará nas suas mãos,
nem o condenará quando for julgado.
Sl 37:34 Espera no SENHOR,
segue o seu caminho,
e ele te exaltará para possuíres a terra;
presenciarás isso quando os ímpios forem exterminados.
Sl 37:35 Vi um ímpio prepotente
a expandir-se qual cedro do Líbano.
Sl 37:36 Passei,
e eis que desaparecera;
procurei-o,
e já não foi encontrado.
Sl 37:37 Observa o homem íntegro
e atenta no que é reto;
porquanto o homem de paz terá posteridade.
Sl 37:38 Quanto aos transgressores,
serão, à uma, destruídos;
a descendência dos ímpios
será exterminada.
Sl 37:39 Vem do SENHOR
a salvação dos justos;
ele é a sua fortaleza
no dia da tribulação.
Sl 37:40 O SENHOR os ajuda
e os livra;
livra-os dos ímpios
e os salva,
porque nele buscam refúgio.
Como sempre em seus salmos a palavra final de Davi e do Espírito Santo para nós é de vitória. Não é a seca e nojenta promessa da palavra da teologia da prosperidade cujo foco é a coisa e não o Provedor, bendito para sempre. Deus prometeu estar conosco todos os dias e em nenhum momento irá nos abandonar ou nos esmagar, antes nos coroar. Glórias a Deus!
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 64 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 23/02/2013) e 474 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.