sábado, 2 de fevereiro de 2013

Salmo 16: 1-11 - OS NOTÁVEIS QUE ESTÃO NA TERRA

Quando lemos e meditamos em Salmos, a ideia do Messias, de Cristo, do Ungido do Senhor parece dominar a nossa mente. Ele mesmo Jesus e o Espírito Santo aplicou muitas das coisas que aconteceram com Davi e com outros salmistas à vida do Messias.
O salmo começa com um pedido por proteção e guarda, e um motivo porque deveria Deus guardá-lo, por que ele Nele busca refugio. Onde é que temos nos refugiado? Se for no Senhor, poderemos orar para ele nos guardar e ele nos guardará. Jesus, o Messias, era o máximo exemplo de alguém que se refugiava plenamente em Deus e por isso era guardado em sua jornada.
Ele chamou os santos que há na terra de notáveis! Ele me chamou de notável por que quem são os santos se não aqueles que ele tem separado para sua glória e prazer pelos quais morreu e depois ressuscitou?
Vejamos a introdução do comentário de Calvino sobre este salmo também de Davi:
No começo, David recomenda-se à proteção de Deus. Ele então medita sobre os benefícios que recebeu de Deus e, assim, se prepara para a ação de graças. Por seu serviço, é verdade, ele não pode, em nenhum caso, ser lucrativo para Deus, mas ele, no entanto, se rende e dedica-se inteiramente a ele, protestando que ele não terá nada a ver com as superstições. Ele também declara o motivo disso, que a felicidade plena e substancial consiste em descansar somente em Deus, que nunca fez sofrer de forma vingativa seu próprio povo para dele querer qualquer coisa boa.
Mictam de David.
Quanto ao significado da palavra mictam, os expositores judeus não são de uma só mente. Alguns derivam de ktm, catham, como se fosse uma crista dourada ou jóia. Outros pensam que é o início de uma música, que na época era muito comum. Para os outros parece ser um pouco de melodia, e essa opinião estou inclinada a adotar.
Não há Deus como nosso Deus que nos deixou a Bíblia e, especialmente Salmos – o seu coração – para nele, nossa alma encontrar descanso, abrigo, proteção e alimento.
Sl 16:1 Guarda-me,
ó Deus,
porque em ti me refugio.
Sl 16:2 Digo ao SENHOR:
Tu és o meu Senhor;
outro bem não possuo,
senão a ti somente.
Sl 16:3 Quanto aos santos que há na terra,
são eles os notáveis
nos quais tenho todo o meu prazer.
Sl 16:4 Muitas serão as penas
dos que trocam o SENHOR por outros deuses;
não oferecerei as suas libações de sangue,
e os meus lábios não pronunciarão o seu nome.
Sl 16:5 O SENHOR
é a porção da minha herança
e o meu cálice;
tu és
o arrimo da minha sorte.
Sl 16:6 Caem-me as divisas
em lugares amenos,
é mui linda a minha herança.
Sl 16:7 Bendigo o SENHOR,
que me aconselha;
pois até durante a noite
o meu coração me ensina.
Sl 16:8 O SENHOR,
tenho-o sempre à minha presença;
estando ele à minha direita,
não serei abalado.
Sl 16:9 Alegra-se,
pois, o meu coração,
e o meu espírito
exulta;
até o meu corpo repousará seguro.
Sl 16:10 Pois não deixarás a minha alma na morte,
nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
Sl 16:11 Tu me farás ver
os caminhos da vida;
na tua presença
há plenitude
de alegria,
na tua destra,
delícias perpetuamente.
Onde é que estão as delícias perpétuas e a plenitude da alegria? Não é isso que o homem busca e sempre buscou, mesmo usando meios ilícitos? Pois bem, Deus colocou tudo isso e muito mais em Jesus Cristo: ele é o caminho da vida, conforme Sl 16:11. Fico triste de ver que nós, apesar de Cristo, continuamos a buscar aquilo que nos aprisiona e não pode nos libertar, jamais: o pecado!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.