quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Salmo 7: 1-17 segmentado



Eu claramente vejo neste lindo salmo uma alma que conhece ao seu Deus e que não se cansa de clamar a ele que o livre de seus inimigos e, em especial, de caluniadores e falsos amigos que amam a injustiça e não tem amor a verdade para seguirem a justiça.
O comentário de Calvino está em inglês, abaixo, mas reflete profundamente o que penso deste salmo. A diferença de Davi para os outros homens é que Davi cria piamente em Deus, como seu Pai e a ele honrava com sua vida, embora tenha, por causa de sua natureza depravada cometido pecados terríveis.
Vejam o que nos diz as primeiras linhas do Comentário de Calvino sobre este lindo salmo de Davi:
David, loaded with unjust calumny, calls upon God to be his advocate and defender, and commits his innocence to the Divine protection. In the first place, he protests that his conscience did notaccuse him of the wickedness laid to his charge. Secondly, he shows how greatly it concerns the glory of God that he should execute judgment against the ungodly. Thirdly, to inspire his mind with confidence, he seriously reflects upon the goodness and righteousness of God, and sets before him the divine promises. Lastly, as if he had obtained the desire of his heart, he derides the folly and the vain attempts of his enemies; or rather, depending upon the aid of God, he assures himself that all their endeavours against him shall turn to their own destruction.
Shiggaion of David, which he sung unto Jehovah,upon the words of Cush the Benjamite.
With respect to the word Shiggaion, the Jewish interpreters are not agreed. Some understand it to mean a musical instrument. To others it seems to be a tune to which a song is set. Others suppose it to have been the beginning of a common song, to the tune of which David wished this psalm to be sung. Others translate the Hebrew word, delight, or rejoicing. [96] The second opinion appears to me the most probable, namely, that it was some kind of melody or song, as if one should term it Sapphic or Phaleucian verse. [97] But I do not contend about a matter of so small importance. Again, the psalm is said to have been composed upon the words of Cush. I cannot subscribe to the interpretation, (although it is the commonly received one,) that words here mean affairs, or business. To put word for a matter, or an affair, is, I allow, a common form of speech among the Jews; but as David a little after declares that he was falsely accused of some crime, I doubt not but he here speaks of the accusation or calumny itself, of which, as I judge, Cush, some one of Saul's kindred, was the author, or, at least, the instrument who preferred and circulated it. The opinion of some who say that Saul is here spoken of under a fictitious name, is not supported by any argument of sufficient weight. According to them, David avoided calling him by his own name, in order to spare the royal dignity. David, I admit, had great reverence for the holy anointing; but as he expressly names Saul in other places where he reprehends him not less severely, and paints him in colours no less black than he does in this psalm, why should he suppress his name here, and not in these passages? In my opinion, therefore, he here expresses by his proper name, and without figure, a wicked accuser, who had excited hatred against him by falsely charging him with some crime, and who had either been bribed by the king to do this, or, currying the royal favour, had calumniated David of his own accord; for David, we know, was very much slandered, as if he had been ungrateful and treacherous towards the king, his father-in-law. Saul, indeed, belonged to the tribe of Benjamin. We do not, however, think that he is the person here mentioned, but that it was one of Saul's relations, one who belonged to the same tribe with him, who falsely accused David.
Muito bom este comentário de Calvino. Não é à toa que Davi é chamado de homem segundo o coração de Deus.
Sl 7:1. Senhor,
Deus meu,
confio,
salva-me de todo o que me persegue,
e livra-me;
Sl 7:2. para que ele não me arrebate,
qual leão,
despedaçando-me, sem que haja quem acuda.
Sl 7:3. Senhor,
Deus meu,
se eu fiz isto,
se há perversidade nas minhas mãos,
Sl 7:4. se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo,
ou se despojei o meu inimigo sem causa.
Sl 7:5. persiga-me o inimigo
e alcance-me;
calque aos pés a minha vida no chão,
e deite no pó a minha glória.
Sl 7:6. Ergue-te, Senhor, na tua ira;
levanta-te contra o furor dos meus inimigos;
desperta-te, meu Deus,
pois tens ordenado o juízo.
Sl 7:7. Reúna-se ao redor de ti
a assembléia dos povos,
e por cima dela remonta-te ao alto.
Sl 7:8. O Senhor julga os povos;
julga-me,
Senhor,
de acordo com a minha justiça
e conforme a integridade que há em mim.
Sl 7:9. Cesse a maldade dos ímpios,
mas estabeleça-se o justo;
pois tu,
ó justo Deus,
provas o coração
e os rins.
Sl 7:10. O meu escudo está em Deus,
que salva os retos de coração.
Sl 7:11. Deus é um juiz justo,
um Deus que sente indignação todos os dias.
Sl 7:12. Se o homem não se arrepender,
Deus afiará a sua espada;
armado
e teso está o seu arco;
Sl 7:13. já preparou armas mortíferas,
fazendo suas setas inflamadas.
Sl 7:14. Eis que o mau
está com dores de perversidade;
concedeu a malvadez,
e dará à luz a falsidade.
Sl 7:15. Abre uma cova,
aprofundando-a,
e cai na cova que fez.
Sl 7:16. A sua malvadez
recairá sobre a sua cabeça,
e a sua violência
descerá sobre o seu crânio.
Sl 7:17. Eu louvarei ao Senhor
segundo a sua justiça,
e cantarei louvores
ao nome do Senhor,
o Altíssimo.
Os que contendem com ele não se darão bem porque estão seguindo a injustiça e a maldade e isso já tem o preço combinado de ante-mão. Nem é preciso ser profeta ou gênio para entender o fim dos que rejeitam a Deus.
E tu homem, do que se queixas? Queixe-se cada um de seus próprios pecados, quanto ao mais dê glórias a Deus e o busque de todo o seu coração, como Davi neste salmo, que ele é generoso e rico em perdoar.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 94 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 24/01/2013) e 504 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.