Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

DESPEDIDA DO PRESIDENTE DA COCA COLA


Bryan Dyson's 30-Second Speech

dropping_ball_5.jpg
Image by: iStock

Says the former CEO of Coca-Cola: Of the five balls you juggle in life, you can drop only one.

Imagine life as a game in which you are juggling some five balls in the air. They are Work, Family, Health, Friends and Spirit, and you're keeping all of these in the air.
You will soon understand that work is a rubber ball. If you drop it, it will bounce back. But the four others – Family, Health, Friends and Spirit – are made of glass. If you drop one of these, it will be scuffed, nicked, damaged, even shattered. And it will never be the same.
Work efficiently during office hours and leave on time. Give proper time to your family and friends, and take a decent rest.
Value has a value only if its value is valued.

Tradução:

"Imagine a vida como um jogo em que você esteja fazendo malabarismos com cinco bolas no ar.
Estas são: seu Trabalho - sua Família - sua Saúde - seus Amigos e sua Vida Espiritual, e você terá de mantê-las todas no ar.
Logo você vai perceber que o Trabalho é como uma bola de borracha. Se soltá-la, ela rebate e volta. Mas as outras quatro bolas: Família, Saúde, Amigos e Espírito, são frágeis como vidros.
Se você deixar cair qualquer uma delas, ela ficará lascada, marcada, com arranhões, ou mesmo quebradas. E ela nunca mais será a mesma.
Trabalhe de forma eficiente no horário regular de expediente e deixe o trabalho no horário certo. Dê tempo adequado para a sua família, amigos e para um descanso decente. Um valor somente é valor se o valorizamos.”
Permitam-me um simples comentário: 
VALORIZAMOS O QUE FAZEMOS E FAZEMOS O QUE VALORIZAMOS!
Repare na sua vida agora: o que você mais anda fazendo atualmente? É isso que você anda valorizando! Será que é a sua família, seus amigos, sua saúde ou sua vida espiritual?


quinta-feira, 9 de agosto de 2012

JAMAIS DESISTA DE SEUS SONHOS – VOCÊ PODE!

Pense em escrever um livro apenas com o piscar de teus olhos, sendo para “sim”, uma piscada e para “não, duas piscadas, enquanto letras são faladas diante de você para poder escolhê-las.
Imagine o tempo despendido, o trabalho, as dificuldades, o progresso lento, o desgaste, os erros, as sucessivas tentativas até se conseguir se expressar.
Ao invés de você ficar se remoendo e se contorcendo em sua dor e problema como se o mundo tivesse se acabado e fosse o fim de tudo, veja, por exemplo, o caso de Jean-Dominique Bauby (23 de abril de 1952 – 9 de março de 1997), um conhecido jornalista e escritor francês, editor da revista de moda Elle - revista feminina de moda francesa - durante vários anos.
Ele, no dia 8 de dezembro de 1995, aos 43 anos de idade, Bauby sofreu um grave acidente vascular cerebral e entrou em coma. Ao acordar, 20 dias depois, no Hospital Marítimo de Berck-sur-Mer, descobriu que perdera a capacidade de se movimentar e de falar; podia apenas piscar o olho esquerdo.
Em seguida, a pálpebra do olho direito foi "obliterada" (amarrada) para não infeccionar. Em tal rara condição, conhecida como síndrome do encarceramento, os movimentos do corpo inteiro são paralisados, mas as faculdades mentais se mantêm perfeitas. Bauby também perdeu 27kg nas primeiras 20 semanas após o AVC.
Apesar de sua condição física, Bauby escreveu o livro O ESCAFANDRO E A BORBOLETA com um método desenvolvido por sua fonoaudióloga: enquanto letras do alfabeto eram recitadas lentamente na ordem decrescente de freqüência na língua francesa, o paciente piscava a pálpebra esquerda quando a letra que queria era dita.
Assim, ele "ditava" à pessoa que tomava notas todo o livro, não apenas palavra por palavra, mas ainda letra por letra. A partir de algum tempo, a assistente já deduzia palavras e frases inteiras com as primeiras poucas letras. Bauby teve de compor e editar o livro inteiramente em sua cabeça.
O livro foi publicado na França em 1997. Bauby morreu apenas dez dias depois, em conseqüência de uma pneumonia. Ele foi enterrado no jazigo de família no Cemitério Père-Lachaise em Paris.Deixou dois filhos: Théophile e Céleste. Hortense, a terceira filha é fictícia. (fonte: wikipedia – adaptado).
Este homem, na verdade, decidiu não ter pena de si mesmo nem viver em lamurias, lamentos e dores como se fosse o homem mais amaldiçoado da terra, antes, foi um vencedor que com garra e muita fé foi capaz de deixar um legado para a humanidade.
Por isso, me amigo, e  irmão em Cristo JAMAIS DESISTA! Não entregue os pontos à morte, ao desespero e às circunstâncias das quais não somos administradores, mas nelas, honre e glorifique o Criador com o que você tem e ele te honrará!
A Deus toda glória! – http://www.jamaisdesista.com.br

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

"Tudo é relativo!" É relativo ou absoluto?

Um professor não cansava de repetir em sala de aula "tudo é relativo!". Era um chavão para tudo. Aquilo foi cansando um aluno que perguntou-lhe: - professor, esta frase "tudo é relativo" é absoluta ou relativa? O professor parou, pensou e teve de concordar com o aluno que nem tudo é relativo! Jesus disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai se não por mim" Jo 14:6.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A supremacia das Escrituras

 Pastoral


Deus existe e ele se revelou. Revelou-se de forma multiforme: por meio da criação, através da consciência, nas Sagradas Escrituras e sobretudo, por meio de Jesus. Por isso, podemos conhecê-lo. Tudo quanto Deus quis que o homem soubesse a seu respeito está patente nas Escrituras. Devemos examiná-las, porque elas testificam acerca de Deus. Uma pergunta, porém, precisa ser feita: as Escrituras são confiáveis? Podemos ter garantia de que seu conteúdo é inerrante e infalível? As Escrituras são suficientes para termos uma fé madura e uma vida abundante? Para responder a essas perguntas, vamos considerar três verdades: 

Em primeiro lugar, as Escrituras são inerrantes quanto ao seu conteúdo. As Escrituras não contêm erros. A Palavra de Deus não pode falhar. Seu conteúdo foi revelado por Deus. Seus autores foram inspirados por Deus. Seu registro foi assistido pelo Espírito Santo de Deus. Portanto, há acuracidade nas descrições, precisão nos relatos e inerrância nos ensinos. A Palavra de Deus não é fruto da lucubração humana nem mesmo resultado de elucidação vacilante da mente humana. A origem da Bíblia está no céu. Seu verdadeiro autor, o Espírito Santo, foi quem inspirou homens santos para registrar tudo quanto aprouve a Deus nos legar. A Bíblia foi escrita num período de mil e cem anos. Cerca de quarenta homens usados por Deus, de culturas diferentes, escreveram em tempos diferentes, para públicos diferentes e não há sequer uma contradição. Isso, porque o próprio Deus é o seu autor. Porque Deus é verdadeiro em seu ser, sua Palavra não pode falhar.

Em segundo lugar, as Escrituras são infalíveis em suas profecias. As profecias bíblicas são específicas, exatas, e muito bem definidas. Milhares de profecias já se cumpriram e tantas outras estão se cumprindo literal e fielmente. Nenhum livro religioso da história se compara à Bíblia neste particular. Se colocássemos o cumprimento das profecias no campo da coincidência, isso daria um número semelhante a dez elevado à décima sétima potência. A probabilidade de você cobrir todo o Estado do Espírito Santo com moedas, com uma camada de um metro, e marcar uma dessas moedas, esperando que um homem cego a encontre, é a mesma das profecias bíblicas terem se cumprido por uma mera consciência. Muitos críticos, arrotando uma sapiência arrogante, tentaram desacreditar a Bíblia, mas seus argumentos insolentes caíram no pó do esquecimento e a Bíblia, sobranceira e vitoriosamente, triunfa vitoriosa. A Bíblia é a bigorna de Deus que quebra todos os martelos dos críticos. 

Em terceiro lugar, as Escrituras são suficientes quanto à doutrina e vida. Não precisamos de outras revelações extra bíblicas para conhecermos tudo quanto Deus quer que saibamos para termos uma vida plena. Aliás, Deus lança uma maldição sobre aqueles que subtraem das Escrituras o que nelas estão e sobre aqueles que acrescentam a elas o que nelas não estão. A Bíblia tem uma capa ulterior. A revelação de Deus está completa e o cânon está fechado. Não existem novas revelações. Não existem mensagens novas, vindas direto de Deus, à sua igreja. As igrejas apostólicas hoje não são aquelas que nomeiam novos supostos apóstolos, trazendo novas doutrinas forâneas às Escrituras, mas aquelas que seguem a doutrina dos apóstolos. Toda doutrina que não emana das Escrituras é falsa doutrina. Toda ética que não está calçada pela verdade das Escrituras produz um comportamento reprovável. Não precisamos correr atrás das últimas novidades do mercado da fé, em busca de conhecimento e experiência que nos levem à uma vida mais profunda com Deus. Ao contrário, devemos examinar as Escrituras, pois na Palavra de Deus temos um reservatório inesgotável e uma fonte inexaurível de todo acervo que devemos crer e praticar. A Bíblia é, de fato, nossa única regra de fé e prática: inerrante, infalível e suficiente!

Rev. Hernandes Dias Lopes