sexta-feira, 29 de junho de 2012

Experimento com células-tronco corrige mutação causadora de Huntington

Cientistas norte-americanos conseguiram corrigir a mutação genética que causa a doença de Huntington em um experimento que envolveu células-tronco retiradas de um paciente. Por meio de manipulação genética, eles foram capazes de remover do DNA a sequência responsável pela degeneração dos neurônios e substituí-la por outra. Caso o experimento, realizado em um organismo de laboratório, tenha a mesma resposta positiva em um animal ou em um humano, ele pode apontar novos caminhos para tratar o distúrbio neurodegenerativo, até então sem cura.

A pesquisa, publicada ontem no site da revista especializada em células-tronco, Cell stem cell, foi realizada por cientistas do Instituto Buck de Pesquisas sobre Envelhecimento, nos Estados Unidos. Os cientistas retiraram um pedaço de pele de um paciente que sofre da doença de Huntington e a submeteram a um processo que a transformou em células-tronco pluripotente induzida (iPSC, na sigla em inglês). Essa célula, embora originada em um organismo adulto, poderia se transformar em diversos outros tipos de organismos, assim como as células-tronco embrionárias. Fonte: Correio Web - Glórias a Deus!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.