sábado, 7 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 109/365

Já estou em LBH em 2 Re 12:21. Olhem só o mistério! Eu estava saindo de meu trabalho e indo em direção ao meu UNO para voltar para casa (todos os dias são uns 60 km ida/volta) e passei pelo hall dos elevadores do 4º subsolo e lá encontrei um agente de segurança da empresa onde trabalho. Educamente, eu o cumprimentei e ele me retribui. Acho que foi a terceira vez que vi aquele varão.

 

Na primeira vez, numa passagem também rápida por ele, quando estava em seu posto de trabalho na frente da empresa, disse-me: "ei moço, olha ai na tua mão o cajado!". Achei engraçado ele me dizer isso e segui meu caminho. Em uma segunda vez, também bem rapidinho, eu estava com meu amigo Patrick e lhe apresentei dizendo: eis aqui uma varão de Deus. Nos cumprimentamos com a saudosa paz do Senhor e fomos cada um para o seu caminho.

 

Ontem foi diferente, mas também muito rapidinho. Eu não sei porque sempre é assim. Porque andamos com tanta pressa de um lado para o outro? Para onde iremos nós com toda essa pressa? Sempre estamos correndo de um para outro lado e mal temos tempo para batermos um gostoso papo. Meu Deus, não me deixe ser escravo do tempo, mas que eu possa usá-lo para a glória de teu nome. Amém! Pois bem, cumprimentei-o e fiz que ia passar para ir embora. Ele estava esperando o elevador e eu ia para meu carro, mas ele, pegando em meus ombros, me disse:

 

"Olha, você vai ser pastor! (como soube ele que eu já não era pastor?). E te digo mais, tuas orações e propósitos estão sendo colocados diante de Deus que está olhando para ti e te dizendo para avançar, pois tem se agradado de sua sinceridade. Deus já está e vai te usar muito em pregações. Você é muito sensível ao Espírito Santo e o tem buscado intensamente. Apanhe o telefone e ligue para os teus parentes que eles se converterão pois o Senhor está te capacitando e te dando sabedoria e inteligência. O Senhor está resolvendo essa tua causa que te tens incomodado aqui dentro da empresa. Não te inquietes. Ainda te digo mais: o Senhor irá te levar aos quatro cantos desta terra levando a sua mensagem.".

 

Eu estava todo arrepiado e sentindo uma unção muito gostosa. Nem nos importávamos por quem ali passava. De repente, escutamos o sinal de que o elevador dele chegou. Fui até a porta e a segurei para ele. Agradeceu-me e perguntou meu nome e eu lhe disse: Daniel D... e eu lhe perguntei o seu nome e ele me falou que era Paulo. Prometemos um ao outro orarmos pelas nossas vidas e desejamos um bom final de semana na paz do Senhor.

 

Bem, nem preciso dizer como vim dirigindo meu UNO para casa na presença de Deus. Apesar de um hiper congestionamento no final do expediente de uma sexta-feira, nem por isso, perdi minha compostura. A comunhão com Deus foi muito boa. De fato Paulo foi usado por Deus sem eu nada pedir nem buscar. Paulo falou ao meu coração de uma forma especial e eu senti o toque misterioso e maravilhoso do Senhor. Apesar de não satisfeito em meu ambiente de trabalho, tenho colocado diante de Deus a minha vida e propósitos. Tenho feito meu trabalho e sido obediente. Na verdade, não tenho me resignado nem me conformado, mas estou esperando no Senhor e dele, somente dele, aguardando a minha vitória.

 

Eu não gosto desse termo resignação nem conformação a não ser que seja aplicado tão e exclusivamente à vontade de meu Senhor. A minha fé sempre se sucumbirá deleitosamente à soberania de meu Deus e Senhor. Do contrário, é guerra! A Deus toda a glória! Amém!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.