quinta-feira, 5 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 107/365

Minha LBH foi até 2 Re 6 e o destaque está sendo para o profeta Eliseu e as muitas obras que o Senhor anda realizando por suas mãos. O sobrenatural é a marca do seu ministério. As palavras e orações do homem de Deus são de arrepiar. É incrível como o seu servo Geazi caiu em laço cobiçando o ouro e a prata de Naamã. Em Geazi, certamente, outro era o espírito que nele operava. Ver milagres, presenciar fatos e demonstrações de poder não são nem jamais foram garantias de sucesso espiritual.
 
Outro exemplo terrível, dentro dessa linha de presenciar e andar com o autor dos milagres foi Judas que por 30 moedas de prata vendeu o seu Senhor e depois se arrependeu, mas era tarde. Na verdade nem arrependimento foi, mas sim remorso. Se neles houvesse verdadeiro arrependimento, o Senhor os teria perdoado como foi o caso de Pedro.
 
Tem muita gente querendo ver coisas e sentir coisas e presenciar e testemunhar coisas, mas isso nunca foi nem será garantia de que doravante tudo será diferente. A garantia que temos é o Espírito Santo e a este somente ouvem os que são de Deus. Toda vez que penso em sinais, milagres e maravilhas, logo me vêem à mente: ‘Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram!’ (Jo 20:29).
 
Ontem, foi um dia muito especial para mim, pois pela segunda vez preguei em minha igreja e na seqüência das quartas-feiras, no segundo dia da campanha das causas impossíveis. Ao final do culto, o Pr. Sabino já me anunciou, novamente, como o próximo pregador do terceiro dia da campanha. Aleluias! Acho que Deus está me dizendo alguma coisa por meio de meu amado pastor!
 
O destaque de ontem nem foi minha pregação (você poderá conferi-la em http://www.scribd.com/crerparaver), mas foi minha filha Isabel Crisitna, minha companheirinha de apenas 5 aninhos. Como todos já sabem, às quartas-feiras, o Pr. Sabino permite 1 hora de culto, divididos em 20 minutos de oração, 20 minutos de louvor e 20 minutos de pregação.
 
Pois bem, na hora da oração, minha amiguinha, Bebel, ajoelhou-se ao meu lado e pude perceber que chorava. Fiquei preocupado querendo saber se era dor de dente, dor de cabeça, dor nos joelhos, se estava passando mal, mas não era nada disso: a Bebel estava sentindo a presença de Deus. Aleluias! Glórias a Jesus! Ela é uma criancinha de apenas 5 aninhos! Para mim, foi um recado de Deus que ao seu lado e meu colocou o seu anjo para nos confortar e dizer para nós: eis que estou convosco, não temas! É muito bom sentir a presença de Deus.
 
Hoje, no meu uno, a caminho de meu trabalho, convidei meu Senhor para se sentar ao meu lado e vimos juntos, em comunhão! Que bênção! Experimente orar ao Senhor dessa maneira, afinal ele também é nosso irmão e amigo.
 
Hoje, temos outra bênção ENORME: meu filho querido está completando seus, exatos, 5.844 dias de vida! É o seu aniversário de 16 anos! Miguel: possa Deus prosperar os teus caminhos e abrir as portas para você do sucesso, do bom êxito, da alegria e, principalmente, do temor a Deus. Você é uma bênção Miguel! É um prazer enorme ter a honra e o privilégio de ser o teu pai! Te amo muito, muito mesmo!
 
Voltando à pregação de ontem, a finalidade dela foi fazer com que o povo de Deus saísse dali com a convicção de que não há causas impossíveis ao Senhor! Usando a referência bíblica: “... Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR? ...” (Gn 18:14), lhes falei, entre outras coisas:
 
Um dia destes, meus irmãos, eu estava numa reunião quando o assunto tratava de um caso que envolvia alguém briguento. Sabem aquele pessoa difícil, complicada, teimosa que além disso é trevosa, beberrona, estúpida, teimosa e enrolada..., pois bem, alguém, no afã da conversa, deixou escapar: é impossível que fulano se converta, mude os seus hábitos e passe a respeitar e amar a sua esposa.
 
Naquela mesma hora, veio-me a mente: é impossivel que eu, o Senhor, não o converta! E, no mesmo, instante, exortei a quem falava e lhe disse: não digas mais isso, mas fale ao contrário: é impossível que Deus não o converta.
 
Agora, quando me vejo numa situação semelhante que envolva o impossível, eu mudei a forma de falar. Eu olho então para aquele problema ou aquela situação e lhe digo: é impossível que Deus não te solucione! Eu olho para algo difícil que estou passando e já me vem a mente: é impossível que Deus não possa resolver.
 
Agora você mesmo diga:
 
  • É impossível que Deus não possa libertar eu mesmo ou meu amigo parente, filho, esposa, marido, das cadeias dos vícios.
 
  • É impossível que Deus não transforme o meu cônjuge.
 
  • É impossível que Deus não possa reverter a situação incômoda que eu estou enfrentado na Empresa.
 
Vá um pouco mais além e ouse:
 
  • É impossível que Deus não me capacite a passar naquele concurso dificílimo;
  • É impossível que Deus não possa resolver aquele meu problema financeiro.
 
Em relação ao texto que lemos de Gênesis 18, vejam como Deus tratou da questão da gravidez de Sara e Abraão (desculpem-me, mas Deus fez uma piada com eles, por isso, inclusive, o nome do filho foi Isaque “risos” – não dá para não rir, os dois já estavam em idade bem avançada!):
 
  • ele deixou eles envelhecerem e se desesperarem para lhes mostrar que é ele o autor e o gerador da vida e não eles;
  • que não adianta correr e se cansar, aos seus Deus tudo dá enquanto dormem ();
  • que ele está no controle de tudo e de todas as coisas.
 
Palavras finais:
 
Quero, no entanto, fazer umas pequeninas ressalvas para você não usar esse testemunho dos impossíveis com finalidades contrárias ao que Deus tem para você e, assim, ficares em laço perpétuo:
 
  • Não temos um Deus Todo-Poderoso, pelo contrário, o Deus Todo-Poderoso é quem nos tem. Eu explico: Deus não é um gênio da lâmpada maravilhoso pronto a satisfazer os nossos desejos, por isso, não o temos. Deus é Senhor, Absoluto, Soberano e estamos aqui para fazermos a sua vontade e cumprirmos os seus desígnios e propósitos. Certo?
 
  • Temos o que Deus quer que tenhamos; somos o que Deus quer que sejamos e, estamos onde Deus quer que estejamos. Já que é assim, deveremos então não fazer mais nada? Pelo contrário, agora sim é que nossa responsabilidade aumenta. A exploração dessa temática ficará para outra oportunidade, permitindo Deus.
 
A Deus toda a glória. Amém! Agradeço a oportunidade em o nome do Senhor Jesus Cristo! Aleluias!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.