terça-feira, 15 de setembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 56/365

Minha LB de hoje: até Dt 12:32. Hoje cheguei tarde em meu serviço. Pela segunda vez nesta campanha eu me enganei com o horário. Eu coloquei o relógio para despertar às 4h50 na minha mente, mas na prática, às 5h50. Na hora de programar meu período de oração eu nem me ative ao fato de que eu já estava atrasadíssimo. Isso me prova uma coisa que além de pecador, sou também falho. Não me foi intencional a falha, o atraso, mas este ocorreu e, óbvio, não pude evitar as consequências. Terei de recompensar este horário. Toda falha que cometemos causa alguma espécie de prejuízo cujo dano deve ser restaurado.

 

Isso me ensina a ser mais tolerante com meu irmão, pois assim como ele, estou cercado de falhas, de fraquezas e careço, também de que meu irmão me perdoe. Se eu não puder contar com o perdão de meu irmão, como poderei continuar? Meu irmão também carece de que eu o perdoe para que ele possa continuar sua jornada. Senhor, dá-me um espírito humilde que não apenas saiba pedir e usufruir do perdão, mas que também possa perdoar. Ensina-me a perdoar e a ser perdoado, e eu meu Senhor, aprenderei.

 

Estou também triste, desanimado, chateado... ela entrou por alguma brecha e está poluindo meu ambiente provocando em mim amargor. Como foi que esta atrevida achou uma porta aberta e entrou e insiste em permanecer como se fosse da casa? Oh minha alma porque estás abatida e por que te aflijes, perdendo a calma? A palavra de Deus dá a resposta: espera em Deus, mais um pouquinho e o verás. Vamos conferir o verso bíblico.

 

Encontraremos no Salmos 42: 5 e 11 e 43: 5 a mesma pergunta: "Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim?". A resposta a pergunta nos diz, respectivamente: "Espera em Deus, pois ainda o louvarei na salvação da sua presença. Espera em Deus, pois ainda o louvarei. Ele é a salvação da minha face e o meu Deus. Espera em Deus, pois ainda o louvarei. Ele é a salvação da minha face e Deus meu.".

 

Sintetizada, poderíamos dizer, primeiro: espera em Deus... a palavra nos diz para esperarmos e esperarmos em Deus, logo, não devo tomar qualquer atitude. A palavra "esperar" implica que toda a ação que eu estiver fazendo ou pretendendo fazer deve sofrer uma espera, uma parada.  A palavra também implica que algo está para acontecer e este algo que está prestes a acontecer é da parte de Deus: "espera em Deus". Isto é, Deus está para fazer algo a respeito e, portanto, eu devo esperar. Entendeu, ó minha alma?

 

O que mais nos diz a palavra: "...ainda o louvarei..."! Sim, louvar... eu irei louvar ao Senhor. Isso é atitude. Sou initmado a louvar, mas como, se estou triste, se minha alma está abatida? Como irei cantar, adorar, louvar? Não nos parece contraditório louvá-lo nestas horas? Que louvor sairá disto? Deus não olha para as aparências, mas para o nosso interior. Ao louvarmos ao Senhor nessas horas (ó como é difícil!), nos estamos declarando: Senhor, eu não estou bem, mas reconheço que tu és Deus e que cuidas de mim de uma forma muito especial. E ao dizer isso, declaramos por inferência: meu choro e tristeza, Senhor, não tem razão de ser, pois tu és o meu Deus.

 

Finalizando, a palavra diz que Deus é a salvação! A salvação que a sua presença proporciona, a salvação da minha face e Deus meu. É Deus dizendo: eu sou a sua salvação, filho meu; eu sou o teu Deus, filho meu; eu "jamais te deixarei, nunca jamais te abandonarei" (Js 1:5 e Hb 13:5), filho meu. Quando estou triste, não é a minha face que se mostra abatida? Não é em meu rosto que se reflete a imagem que está em meu coração? E quem diz que meu coração está rejeitado, abandonado? Deus está comigo, aleluias!

 

Falei, falei e não revelei nenhum motivo que justifique uma tristeza, não é mesmo? Pois bem, não considero isso importante. O fato é que algo revelou o que está em meu coração precisando da cura, da ministração do Espírito Santo, do refrigério da palavra de Deus. E para o que Deus nos traz cura nos abençoando? Para podermos abençoar ao nosso próximo. Para o que somos consolados? Para podermos consolar os que habitam conosco confiadamente. Senhor, muito obrigado pelo teu Espírito e por tua palavra; muito obrigado pelo teu perdão. Amém! A Deus toda a glória. Amém!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.