quarta-feira, 31 de maio de 2006

Matemática: termo geral para soma de potências.

Brincando com os números, especificamente com a soma dos primeiros “n” números naturais elevados a diversas potências, eu descobri um método, um Termo Geral, que fornece a expressão para qualquer valor do expoente “m” pertencente ao conjunto dos números naturais.

Exemplos:

Para m=1, a fórmula da soma dos primeiros “n” números naturais é S(1) = n*(n+1)/2. Ex. 1^1+2^1+3^1+4^1+5^1 = 5*(5+1)/2 = 15

Para m=2, a fórmula da soma dos primeiros “n” números naturais é S(2) = n*(2n+1)*(n+1)/6. Ex. 1^2+2^2+3^2+4^2+5^2 = 5*(2*5+1)*(5+1)/6 = 55

Para m=3, a fórmula da soma dos primeiros “n” números naturais é S(3) = n^2*(n+1)^2/4. Ex. 1^3+2^3+3^3+4^3+5^3 = 5^2*(5+1)^2/4 = 225

Para m, a fórmula da soma dos primeiros “n” números naturais é S(m) = ? ainda não resolvi publicá-la.

O prazer de Deus é esconder as coisas e as do rei, esquadrinhá-las” (Pv 25:2).

terça-feira, 30 de maio de 2006

TEREI MAIS DE DEUS, QUANDO DEUS TIVER MAIS DE MIM.

Você quer mais de Deus? Você quer ser mais santo, mais espiritual, ter mais fé, maior intrepidez... então comece a esvaziar-se de si mesmo e a dar lugar, pois o Espírito Santo vai te encher e depois usá-lo.
Um copo será sempre um copo. A água que se serve num copo não é copo, mas água. Se o copo estiver vazio, a água poderá enchê-lo a ponto de transbordar. Se o copo estiver cheio ou quase cheio, mas não de água, primeiro é necessário esvaziá-lo, depois limpá-lo e pronto, poderá receber água.