quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 90 - Faltam 479 dias para 26/04/13 e 890 dias para a Copa

Quarto dia do ano de 2012! Ontem eu terminei meu post dizendo que tinha chegado triste em meu emprego. E citei um salmo lindo que fala: "Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu." (Sl 42:5; 11 e 43:5).

Duas perguntas dele para a sua alma:

1.     Por que estás abatida, ó minha alma?

2.     Por que te perturbas dentro de mim?

Uma exortação:

1.     Espera em Deus

Uma atitude:

1.     pois ainda o louvarei

Duas declarações de fé:

1.     meu auxílio e

2.     Deus meu

Que interessante o fato de podermos conversar conosco mesmo em todo tempo. Aqui o salmista estava com sua alma abatida e triste. Geralmente, neste momento, reclamamos muito, murmuramos, chingamos, e até ofendemos ao Senhor com nossas idiossincrasias. É muito triste nossas reações e atitudes infantis e irrefletidas. Ai de nós se nosso Senhor não fosse misericordioso e paciente...

Eu costumo dizer, como aprendi, que as circunstâncias a que estamos expostos, das quais não temos governo algum, são meios que Deus usa, em sua infinita soberania, sabedoria e bondade, para conhecer os nossos corações e nos retribuir conforme as nossas obras. No entanto, Deus não precisa conhecer o nosso coração, pois ele já o conhece sem nada disso. Quem precisa então de conhecer?

Nós, os que estamos expostos, é que precisamos de conhecer e quando a situação aperta e mexe naquilo que, pensamos, não devia, então... saem escorpiões, ratos, baratas, lacraias, serpentes e toda raça de peçonhas que imaginávamos não termos conosco.

Pode reparar no momento em que você vive e no arroxo que estás passando e veja, em consequência, o que anda saindo de seus próprios pensamentos. Repare neles. Porque será que Deus está te revelando eles? Será tão simplesmente para você desabafar e isso é importante? Ou será para que você se conheça e tome atitudes?

Eu creio que isso serve para duas coisas. Primeiro, você confessar ao Senhor tudo de ruim que está dentro de você e te fazendo escravo da depressão, da raiva, de hábitos pecaminosos, de comportamentos malígnos e viciados. Tais murmurações, reclamações, ódio, rancor vem de dentro e contaminam o homem. Não quer ser envenenado, contaminado pelas sujidades que saem de dentro de você mesmo? Peça ajuda e confesse ao Espírito Santo o que anda acontecendo com você. Segundo, você deve tomar atitudes.

O salmista faz duas perguntas a sua alma para estimulá-la a falar a fim de se localizar a raiz da amargura ou da dor ou do pecado que a perturba. Se estamos perturbados, algo nos perturbou. Se nos perturbou, precisamos conhecer bem o fato e examiná-lo à luz das Escrituras para que todo mal seja exposto e destituido de seu poder.

Não importa o que a sua alma disser, ele já tem uma palavra de exortação preparada para ela. Esperar no Senhor! Não é momento de desespero e de crer que chegou o fim ou que está tudo acabado, sem saída. Nunca acredite no desejo suicida ou de morte oriundo de alguma parte de você mesmo. Você não quer morrer, mas resolver o problema e está sendo difícil encontrar a saída, no entanto, ela existe, mas você pode estar tão contaminado pelos teus maus pensamentos e atitudes que somente vê a saída mais fácil e mentirosa: a morte.

Nosso Deus é Deus de vida e a morte não faz parte dos seus planos para a vida, pois até a ressurreição ele fez surgir para aniquilar a morte. Não acredite na mentira do desejo suicida. É mentira! É mentira que você quer morrer! Cuidado com nosso inimigo que se aproveita de nossos vacilos e tristezas para gerar em nós o desespero e desejos errados.

Por isso temos de esperar em Deus. Quem espera em Deus, sabe que o socorro está vindo. A esperança é a âncora da alma!

"Hebreus 6:17 Por isso, Deus, quando quis mostrar mais firmemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu propósito, se interpôs com juramento, Hebreus 6:18 para que, mediante duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, forte alento tenhamos nós que já corremos para o refúgio, a fim de lançar mão da esperança proposta; Hebreus 6:19 a qual temos por âncora da alma, segura e firme e que penetra além do véu,"

Ele então aponta para a sua alma aflita a Deus e lhe mostra uma âncora, a esperança. Em seguida, uma atitude: eu ainda o louvarei! Seguidos de duas afirmações que sustentam a razão de ele louvar, quais sejam, que Deus é seu auxílio e que ele tem a Deus. É por isso que ele tomara a atitude certa para o caso da alma abatida e triste: o louvor ao Senhor!

Não é magicazinha ou palavra do tipo shazam, antes atitude de seu coração de louvar ao Senhor por reconhecer que ele tudo governa, administra bem, é sábio em seu proceder ou em suas permissões e infinitamente bom quando age.

A tristeza é pecado? Eu não posso ficar triste? Há tristezas que fazem parte de nossas vidas pelas razões mais óbvias da vida. Nosso próprio Senhor chorou pela morte de seu amigo Lázaro, no entanto, estou sendo contra, não contra tais tristezas naturais, mas contra aquelas que já viraram hábito ou que não tem fundamento ou que são mórbidas ou abusivas ou destruidoras e que afetam nosso relacionamento com Deus, conosco mesmo e com nosso próximo.

Uma lição fica aqui, então, se ele é paciente e misericordioso conosco, nos suportando em nossas tristezas, porque não o somos com o nosso próximo?

Amanha estará conosco Davi, o autor desses salmos lindos, homem segundo o coração de Deus, que conversava com a sua alma, que tinha a âncora da esperança firme, que louvava ao Senhor sabendo que tinha a Deus e que este era seu auxílio.

 A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.