sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 64 - Faltam 505 dias para 26/04/13 e 916 dias para a Copa

Josué morreu em paz e ajudou a Israel, desde a morte de Moisés, até a sua morte, por um tempo aproximado de 48 anos. O povo de Israel pelo qual Josué falava e dirigia era a segunda geração, pois a primeira que viu e ouviu a Deus, pereceram no deserto por causa da dureza de seus corações.

A época dos Juízes durou, aproximadamente, uns 307 anos. A história de Rute, que nos interessa um pouco mais por causa do Messias, se desenvolve entre a dinastia do 3º juíz, Sangar, que julgou Israel 1 ano apenas, e o 4º e 5º juízes, Débora e Baraque que juntos tiveram uma gestão de 40 anos.

Rute, moabita, veio a se casar com Boaz que gerou a Obede, que gerou a Jessé, que gerou a Davi. Logo, eles foram trisavós de Davi. Antes de Boaz, conforme Lucas nós tivemos, Salá ou Salmon, que era filho de Naasson, que era filho de Aminadabe, que era filho de Admin, que era filho de Arni, que era filho de Esron, que era filho de Perez, que era filho de Judá, que era filho de Jacó, que era filho de Isaque, que era filho de Abraão, até Abraão basta por enquanto.

Por ocasião de Juízes, nos tivemos as seguintes gerações da semente messiânica, Salá ou Salmão, pai de Boaz, pai de Obede, pai de Jessé, pai de Davi. Eu não sei se o pai de Salá ou Salmão eram vivos quando Boaz nasceu. Se estavam vivos, então, este era Naasson, que foi filho de Aminadabe.

"Os juízes forneceram liderança parcial a Israel, mas não conseguiram conduzir a nação a um compromisso duradouro com a aliança" (BEG). Foram 12 os juízes em Israel: Otniel; Eúde; Sangar; Débora; Gideão; Tola; Jair; Jefté; Ibsã; Elom; Abdom e Sansão.

"Otniel, o primeiro juíz, era da geração seguinte à de Josué, e Sansão, o último juiz, era contemporâneo de Samuel. Durante este período, os israelitas foram oprimidos por inimigos internos – Cananeus – e externos – arameus, moabitas, midianitas, amonitas, amalequitas, amorreus e filisteus -." (BEG).

A história de juízes aponta para a necessidade de um rei justo entre o povo. Essa necessidade é uma espécie de indicação profética relativa a Cristo, o messias justo: rei, sacerdote e profeta.

Prosseguiremos amanhã...

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.