segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

TEMA: Criação, Queda, Redenção e Consumação! - 60 - Faltam 509 dias para 26/04/13 e 920 dias para a Copa

Feita as distribuições, começando por Judá, escolheram depois também as cidades de refúgio que foram solicitadas pelo Senhor que assim se separassem essas terras. O Senhor estava e está presente em tudo. Podem ler e reler e observarem que coisas fizeram esses grandes líderes que Deus antes não os instruisse? O que fizeram eles que o Senhor antes não o tivesse dito para fazerem?

E todas as vezes que tentaram fazer de si mesmos, sem consultarem ao Senhor, rebentaram a cara ou trouxeram com as suas atitudes mais problemas e complicações do que soluções.

Em Josué 21:43-45, veja abaixo, o Senhor deu descanso ao redor.

Josué 21:43 Desta maneira, deu o SENHOR a Israel toda a terra que jurara dar a seus pais; e a possuíram e habitaram nela. Josué 21:44 O SENHOR lhes deu repouso em redor, segundo tudo quanto jurara a seus pais; nenhum de todos os seus inimigos resistiu diante deles; a todos eles o SENHOR lhes entregou nas mãos. Josué 21:45 Nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o SENHOR falara à casa de Israel; tudo se cumpriu.

Passados muito tempo desse descanso, Josué no capítulo 23, fala ao povo e o exorta como um pastor às suas ovelhas. Em sua fala anuncia também a sua morte em breve e pede ao povo que seja obediente ao Senhor e que sigam a aliança com Deus sem irem após outros deuses naquelas terras estranhas.

No verso 13, ele diz: sabei, certamente, que o SENHOR, vosso Deus, não expulsará mais estas nações de vossa presença, mas vos serão por laço e rede, e açoite às vossas ilhargas, e espinhos aos vossos olhos, até que pereçais nesta boa terra que vos deu o SENHOR, vosso Deus. Na BEG, tanto este verso, quanto o 12, falam e antevem a situação desastrosa que Israel estará envolvido de Juízes até 2 Reis.

No verso 5, deste mesmo capitulo está a promessa de que Deus afastará deles e expulsará de diante deles as nações que ainda restam para serem conquistadas e ainda que eles as possuirão, como o SENHOR Deus tinha a eles prometido.

Não parece uma contradição uma vez que o verso 13 diz, claramente, que Deus não expulsará mais estas nações? Mas não temos contradições. A promessa de Deus é válida aos obedientes e aos que acompanharam pela fé aquele que prometeu; quanto aos desobedientes e aos incrédulos não existe promessas a serem cumpridas, nem nunca existiram....

O escritor de Hebreus ao analisar a situação de Israel não duvida das promessas de Deus, pois nelas sempre teremos o sim de Deus, mas diz que os incrédulos não entrarão no repouso ou no seu descanso...

Hebreus 4:1 Temamos, portanto, que, sendo-nos deixada a promessa de entrar no descanso de Deus, suceda parecer que algum de vós tenha falhado. Hebreus 4:2 Porque também a nós foram anunciadas as boas-novas, como se deu com eles; mas a palavra que ouviram não lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé naqueles que a ouviram. Hebreus 4:3 Nós, porém, que cremos, entramos no descanso, conforme Deus tem dito: Assim, jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso. Embora, certamente, as obras estivessem concluídas desde a fundação do mundo. Hebreus 4:4 Porque, em certo lugar, assim disse, no tocante ao sétimo dia: E descansou Deus, no sétimo dia, de todas as obras que fizera. Hebreus 4:5 E novamente, no mesmo lugar: Não entrarão no meu descanso. Hebreus 4:6 Visto, portanto, que resta entrarem alguns nele e que, por causa da desobediência, não entraram aqueles aos quais anteriormente foram anunciadas as boas-novas, Hebreus 4:7 de novo, determina certo dia, Hoje, falando por Davi, muito tempo depois, segundo antes fora declarado: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração. Hebreus 4:8 Ora, se Josué lhes houvesse dado descanso, não falaria, posteriormente, a respeito de outro dia. Hebreus 4:9 Portanto, resta um repouso para o povo de Deus. Hebreus 4:10 Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas. Hebreus 4:11 Esforcemo-nos, pois, por entrar naquele descanso, a fim de que ninguém caia, segundo o mesmo exemplo de desobediência.

A palavra de advertência é "temamos"... quem tem ouvidos, ouça!

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.